Home / Ciência e Tecnologia /

10 imagens estranhas que podemos encontrar no Google Earth

10 imagens estranhas que podemos encontrar no Google Earth

 

O Google é um gigante da Internet. Isso já todos nós sabemos, certo? Mais do que um motor de pesquisa, este site conta atualmente com dezenas de ferramentas e serviços que permitem ao mero utilizador executar uma série de tarefas que até então eram impossíveis. Quem diria, por exemplo, que chegaria o dia em que poderíamos ver qualquer canto do mundo a partir de um ecrã, quase como se estivéssemos nesse local?

Graças à ferramenta do Google Earth, podemos ver fotografias em alta resolução retiradas a toda a superfície terrestre. Esta ferramenta compila dezenas de milhares de fotografias que captam, por sua vez, dezenas de milhares de espaços. Mais do que uma ferramenta utilizada por arqueólogos, é um serviço bastante útil para todos os que não sabem, por exemplo, como passar o tempo.

Neste post, é sobre o Google Earth que falamos… mas sobre algumas das imagens mais estranhas e surpreendentes que podemos encontrar nesta ferramenta. Lugares por todo o mundo que são estranhos e diferentes, por vezes até mesmo bizarros, mas que estão no entanto ao alcance do seu ecrã.

10 lugares bizarros que podem ser vistos no Google Earth

1 – O cemitério de aviões

A Base da Força Aérea de Davis Monthan, no estado de Arizona, é o local onde os aviões militares norte-americanos são depositados quando deixam de ser operacionais. Apelidado de “The Boneyard”, este cemitério de 2.600 hectares de aço é fechado ao público em geral, mas pode ser visto no Google Earth. Muitos destes aviões voaram durante a Segunda Guerra Mundial.

2 – A ilha que nunca existiu

Em 2012, um grupo de investigadores australianos “descobriu” uma ilha do tamanho de Manhattan, no Pacífico Sul. Um lugar misterioso chamado Ilha de Sandy tinha aparecido nos mapas do Google Earth, a noroeste da Nova Caledônia. Porém, o estranho polígono negro não afinal nenhuma ilha por descobrir… mas sim um erro do programa.

3 – O nome do milionário

Hamad bin Hamdan al Nahyan é um milionário que faz parte da família real de Abu Dhabi. Num momento muito excêntrico da sua vida, decidiu mandar esculpir o seu nome na superfície arenosa de al Futaisi Island, uma ilha que possui no Golfo Pérsico. A dimensão do nome é tal que é facilmente visível através do Google Earth.

4 – A manada de elefantes

Nunca pensou ver uma manada de elefantes a correr pela savana, pois não? Porém, graças ao Google Earth essa é uma imagem que já podemos ver de perto. Os satélites capturaram algumas imagens de alta resolução de uma manada em movimento. A fotografia é fantástica e avassaladora.

5 – O navio afundado

 

O SS Jassim era um longo navio de carga natural da Bolívia e que, em 2003, encalhou e se afundou no Wingate Reef junto à costa do Sudão. Com mais de 81 metros de comprimento, é atualmente um dos maiores naufrágios visíveis no Google Earth. Como podemos ver na imagem, é facilmente visível a partir dos satélites.

6 – Os lábios

Esta imagem é no mínimo estranha. Uns lábios, completamente formados pela acção do vento e fenómenos naturais semelhantes, podem ser encontrados nas formações rochosas do Darfur, no Sudão. A partir do espaço, esta peculiar formação parece ainda mais estranha, assemelhando-se mesmo a uma boca.

7 – O misterioso pentagrama

Num canto isolado do Cazaquistão, existe um grande pentagrama gravado na superfície terrestres que conta com mais de 36 metros de diâmetro. A estrela de cinco pontas rodeada por um círculo, localizado na margem sul do Alto Tobol Reservoir, é bastante nítida no Google Maps.

8 – O triângulo luminoso

Na Austrália é possível ver um triângulo estranho pontilhado com luzes brilhantes mesmo no meio de um campo. Quando descoberto pela primeira vez em 2007, não tardou a ser denominado de “triângulo UFO“. Trata-se de uma torre com uma antena, que recebe transmissões através de um conjunto de fios que formam as diferentes faces do triângulo visto do espaço.

9 – Padrões circulares no deserto

Este estranho padrão circular que podemos ver sobre o deserto Red Sea, no Egipto, poderá parecer para muitos uma mensagem deixado por extraterrestres. A verdade é que estes padrões são demasiado peculiares para terem sido feitos simplesmente pela natureza. Mas não foram aliens! Trata-se de uma peça de arte que celebra o ambiente do deserto e procura estimular este espaço como um estado da mente.

10 – O guardião

Este incrível lugar, localizado no sudoeste de Alberta, no Canadá, foi avistado através do Google Earth por Lynn Hickox. Embora não seja mais do que uma formação geológica natural, é impossível não perceber a indiscutível semelhança com um perfil humano, muito semelhante ao dos antigos nativos que habitavam essa região no passado.

 

Partilhe este artigo

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *