Home / Ciência e Tecnologia /

Este elefante de basalto foi completamente provocado pela Natureza

Este elefante de basalto foi completamente provocado pela Natureza

 

Este é um dos artigos em que a imagem é mais forte do que qualquer palavra que possamos usar. Na ilha de Heimaey, não muito longe da Islândia, os habitantes locais foram surpreendidos há alguns anos atrás com um fenómeno rochoso que parece saído de um verdadeiro conto de fadas. Uma formação rochosa enorme, que estava submersa, tornou-se visível e especial devido à sua forma em forma de um elefante gigante.

Nos últimos anos, o grande elefante de pedra tornou-se num ponto de visita por parte dos turistas que passam pela Islândia. Olhando para as fotografias, torna-se difícil acreditar que esta grande figura rochosa foi provocada meramente por fenómenos naturais. Alguns que por lá passam dizem que se trata de um verdadeiro elefante amaldiçoado por uma bruxa. Mas os cientistas sorriem a ouvir esta história e apresentam os factos tal e qual como são.

De acordo com explicações científicas, a formação rochosa é o resultado natural de atividade vulcânica, em 1973, quando o vulcão Eldfell entrou em erupção. De qualquer das formas, o resultado final é de facto surpreendente e só prova que a Natureza, por vezes, consegue arquitetar beleza que o homem jamais se ousaria de lembrar.

O elefante de basalto: veja as imagens

 

Para visitar este fenómeno da natureza muito peculiar, precisa de apanhar um voo para a Islândia. A partir de Portugal não existem voos diretos: em princípio, terá de fazer escala num aeroporto que trabalhe com aviões da Icelandair, a companhia aérea islandesa.

Chegando à Islândia, restam-lhe duas soluções para chegar à ilha de Heimaey: ou um segundo voo, diretamente a partir do aeroporto de Reiquiavique, ou uma travessia de ferry boat a partir de Porlakshofn, uma localidade situada a cerca de uma hora da capital islandesa.

Faça-se acompanhar de uma máquina fotográfica e de bons agasalhos!

 

Partilhe este artigo

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *