Home / Cidades /

Paris de Graça – o que fazer em Paris sem gastar nada ou muito pouco!

Paris de Graça – o que fazer em Paris sem gastar nada ou muito pouco!

     

Em tempos de ostentação, quando todo mundo parece querer ostentar luxo e riqueza no intuito de impressionar quem quer que seja, nada melhor do que economizar.

Um pacote à Europa pode trazer muitas paisagens belíssimas, lugares fantásticos e cenários inesquecíveis – ainda mais em Paris! E o melhor: você não precisa pagar uma fortuna para ter acesso.

Por essa razão, fiz uma lista com 10 melhores passeios para fazer em Paris sem gastar nada ou gastando muito pouco, para você colecionar momentos felizes, em lugares belíssimos que certamente trarão muitas experiências gratificantes, confira!

 

Museu Carnavalet e a História de Paris

Primeira coisa que todo mundo deve fazer ao visitar uma cidade na Europa pela primeira vez, visitar um museu e conhecer a história do lugar. Se você é apaixonado pela história francesa e se interessa pelos acontecimentos mais marcantes da história de Paris, O Musée Carnavalet é a sua casa.

Dedicado à preservação da história da capital da França desde suas origens até os dias atuais, o museu conta com coleções de objetos da época medieval, da Revolução Francesa, pinturas de monarcas, esculturas, moveis e fotografias além de diversas formas arquitetônicas e decorações. Quando for visitá-lo, reserve ao menos duas horas porque seu acervo é vasto.

 

Contemplar o Jardin du Luxembourg

Um convite aos olhos e ao coração é sem dúvida, uma visita ao Jardin Du Luxembourg. Situado na orla de Saint-Germain-des-Prés e no bairro latino, o jardim de Luxemburgo é inspirado no jardim florentino Boboli foi criado por iniciativa da rainha Marie de Médici em 1612.

Com uma área de 25 hectares, o jardim é dividido em uma seção francesa e a outra seção inglesa: uma floresta geométrica e uma grande lagoa, pomares de maçãs, apiários, jardim de rosas e orquidário. O que mais impressiona nesse imenso jardim é a coleção de estátuas –  106 no total e a fantástica Fonte Médici que inspirou muitas fontes em diversas cidades pelo mundo.

Uma viagem com crianças tem aqui seu espaço predileto: teatro de fantoches, escorregadores, brinquedos e muitas atividades. Exposições de fotografias e concertos de música clássica são constantes por lá.

 

Jardin Des Toileries

Ahh, esse é um dos jardins mais lindos da França, o que restou do Palais des Tuleries. Todo ornamentado com grama e estátuas feitas por grandes mestres da arte como Maillol, Rodin e Giacometti, na primavera e no verão recebem não só parisienses ávidos por momentos de diversão e encantamento, mas por todos os que reconhecem nesse parque um pequeno oásis da Place de La Concorde.

 

Fotografias icónicas na Église de la Madeleine 

Um templo grego em plena Paris, sim! Baseada nas estruturas arquitetônicas neoclássicas, o templo foi erigido com a finalidade de homenagear o grande exército de Napoleão, depois foi consagrado à Santa Maria Madalena. Fica pertinho da Place de la Concorde, o que favorece um passeio a pé.

 

Caminhar pelo Champ de Mars 

 

Uma caminhada que vale muito à pena e, se você preferir alugue uma bicicleta, é justamente percorrer o Champ de Mars no fim da tarde. Isso garantirá uma foto incrível da Torre Eiffel totalmente iluminada! Parisienses e turistas lotam os gramados e você se sentirá feliz em levar uma garrafa de vinho e uma boa companhia para celebrar esses momentos inesquecíveis.

 

Passear de bicicleta em Montmartre 

Ainda pensando na bicicleta que você deve alugar, penso que seria uma excelente alternativa percorrer o bairro Montmartre, em suas ruas agradáveis, floridas, com certo ar suburbano, mas incrivelmente charmosas. Para quem se emocionou com o Fabuloso Destino de Amélie Poulain, certamente viverá seus momentos introspectivos nessas ruas que ambientaram o clássico de 2001.

 

Cruzar as pontes do Sena

Uma caminhada é a melhor maneira de conhecer qualquer lugar. Especialmente em Paris, as pontes que ligam as ruas da cidade passando pelo Rio Sena são paisagens que você não pode deixar de contemplar.

Por onde você passar, você encontrará um ponto turístico como a Pont des Arts, onde antigamente os casais penduravam os cadeados (hoje não existe mais essa tradição) e a Pont Alexandre III, ornada com detalhes em dourado e o Grand Palais ao fundo, além da visão por um ângulo diferente da Torre Eiffel.

 

Uma tarde no Quartier Latin

Uma tarde alegre no reduto universitário de Paris: lá está a universidade mais famosa da França, a Sorbonne, fundada em 1257. Neste bairro tem uma série de cafés, livrarias, lojas modernas e bares da moda.

 

Passeio de balão no Parc Andre Citröen 

No pátio da antiga fábrica de veículos Citröen foi construído um parque moderno, com dois jardins e uma imensa área verde aberta. O grande diferencial desse parque é o passeio de balão, mas se você não quiser gastar 12 euros para fazer esse passeio, você pode fazer um piquenique e aproveitar os gramados e tirar fotos com o balão ao fundo e mesmo do lado de graça!

 

Chá no Carette Paris, na Place des Vosges

Claro que você pode e deve fazer um piquenique na Place des Vosges, afinal, você não pode deixar de conhecer uma das praças mais antigas do mundo, datada de 1612. Situada no Marais você ainda tem a oportunidade de conhecer uma série de monumentos históricos.

Nada mal para a Praça Real (como é chamada por muitos pelo fato da praça ter sido encomendada pelo Rei Henri IV). Porém, não deixe de lado a chance de provar um gostoso chá da tarde no Carette Paris, uma das casas de chá mais charmosas da França.

Datada de 1927, tem um ambiente íntimo e muito agradável. Seu terraço fica aberto ao público mesmo no inverno e você pode ter uma vista diferenciada da praça – reserve esse dia para justificar sua viagem romântica e fazer aquela presença!

 

ARTIGOS RELACIONADOS

     
 

Partilhe este artigo

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *