Home / América do Sul /

Por que razão o Brasil mudou a sua capital do Rio de Janeiro para Brasília?

Por que razão o Brasil mudou a sua capital do Rio de Janeiro para Brasília?

by Gonçalo Sousa

Share this article

     

Este artigo dedica-se a uma pergunta que muitas pessoas fazem e que desconhecem a resposta. Porque é que o Brasil mudou a sua capital do Rio para Brasília?

O Brasil já teve 3 capitais: Salvador, Rio de Janeiro e Curitiba. A primeira capital brasileira foi Salvador, entre 1549 e 1763, e depois o Rio de Janeiro, de 1763 a 1960. Um facto muito pouco conhecido é que a a cidade de Curitiba foi nomeada capital do Brasil por 3 dias, de 24 e 27 de março de 1969!

Sim, Curitiba foi capital da república entre os dias 24 e 27 de março de 1969, na época em que vigorava a ditadura militar, por questão propagandística, visto que a cidade era uma das capitais brasileiras que não fizeram oposição ao regime.

Não considerando esse evento estranho voltamos ao foco deste artigo. O Rio de Janeiro era a segunda capital brasileira. A cidade perdeu a sua posição no dia 21 de abril de 1960 para a cidade de Brasília. Leia o texto e descubra os detalhes desta transição e por que razão ela aconteceu. Vamos ver!

 

Como nasceu a cidade de Brasília

Tudo começa na véspera da independência brasileira, quando José Bonifácio (um político brasileiro), percebeu que a capital do país se encontrava numa situação vulnerável. Nessa altura, os ataques piratas franceses eram comuns e, como o Rio de Janeiro é uma cidade costeira, era um alvo fácil. Assim, José Bonifácio sugere a construção de uma nova capital no planalto central.

O plano sugerido por José Bonifácio foi inicialmente deixado de lado e, apenas no final do século XIX, foi adoptado quando o Brasil já era uma república. Tudo começou com um projecto de lei sobre a transferência da capital para o campo que foi aprovado no congresso em 1891.

No ano seguinte, 1892, o congresso aprovou uma expedição para reconhecer uma parcela no planalto central e estabelecer os seus limites. A expedição incluía astrónomos, engenheiros, militares, médicos, botânicos e muitos outros cientistas.

Mas mesmo com a aprovação da lei e a demarcação do território, os presidentes brasileiros não demonstraram interesse em construir a nova capital. Embora o projecto de lei tenha prevalecido nas constituições brasileiras seguintes (1934 e 1946).

 

 

Uma mudança decisiva para Brasília

Logo quando Juscelino Kubitschek foi eleito presidente brasileiro, a ideia que mudou o destino do Brasil foi posta em prática.  Juscelino Kubitschek queria não só evitar os ataques marítimos, mas também povoar o centro do Brasil.  Nessa altura, o centro do país já estava completamente deserto.

50 anos em 5. Este era o lema do Presidente Juscelino Kubitschek. Por outras palavras, o seu plano de governo era fazer o Brasil crescer 50 anos em 5. Para tal, investiu na abertura de indústrias, na construção de auto-estradas e no investimento em energia eléctrica. E o seu plano mais ambicioso era a construção de Brasília.

Em 1956, o governo lançou um contexto para escolher o melhor projecto para a construção da nova capital do Brasil. O projecto vencedor foi o do urbanista nascido no Rio de Janeiro Lúcio Costa. Ele convidou para a construção dos edifícios o famoso arquitecto Oscar Niemeyer.

A construção dos edifícios principais de Brasília demorou 3 anos. A maioria dos trabalhadores veio do nordeste do Brasil, mas também do estado brasileiro de Goiás e Minas Gerais. As obras foram exaustivas e as condições precárias.

Houve muitos desafios para a construção da cidade. O aeroporto mais próximo, era na cidade de Anápolis, a mais de 100 km de Brasília. A estrada que ligava as duas cidades não era pavimentada, o que tornava o transporte de matéria-prima.

 

A inauguração da cidade teve lugar a 21 de Abril de 1960. A cidade foi projectada para ser o símbolo da modernização e desenvolvimento de Juscelino Kubitschek. O presidente utilizou a construção como publicidade modernista e nacionalista, para exaltar o seu governo.

A cidade do Rio de Janeiro lutou com a perda da sua mudança de poder da capital para Brasília. Quase todas as grandes cidades do Brasil têm uma rua ou avenida chamada Juscelino Kubitschek. O Rio de Janeiro é uma excepção. Não há nenhuma rua ou monumento ao presidente nessa altura.

Algumas pessoas dizem que a verdadeira razão da mudança da capital para Brasília não foi para evitar uma invasão marítima ou desenvolver a paisagem rural do Brasil. Nessa altura, o Rio de Janeiro já tinha uma das populações mais alfabetizadas do Brasil. O governo queria, na verdade, isolar-se da população alfabetizada para se esquivar aos tumultos.

Leia o nosso artigo se quiser compreender porque é que o Rio se tornou a capital do Brasil. Ou se quiser não só saber, mas também ver os lugares importantes para a história do Brasil, junte-se ao nosso passeio pedestre gratuito Rio de Janeiro.

 

 

Vida cultural em Brasília

A Universidade de Brasília (1962) é central para grande parte da vida cultural da cidade. A Fundação Cultural patrocina muitos encontros nacionais nas artes e cartas, e estão disponíveis vários centros de informação estrangeiros.

Acolhido numa estrutura piramidal de forma irregular, o Teatro Nacional apresenta obras dramáticas, sinfónicas e ópera. As instituições históricas incluem o Museu de Brasília, com um registo histórico da criação de Brasília, o Museu da Reserva Federal, e o Museu da Imagem e do Som do Instituto de História e Geografia.

Uma falta inicial de instalações recreativas foi superada em Brasília por numerosos cinemas e discotecas e uma proliferação de campos desportivos na cidade e nos subúrbios.

Atualmente, Brasília é uma cidade vibrante e com imensas atracões, desde desporto, música, cinema e uma vida noturna bastante preenchida, onde é possível encontrar todo o tipo de atividades, seja para quem deseja ouvir música ou vivenciar experiências com uma acompanhante Brasília.

A cidade tem também muitas piscinas. Foi desenvolvido um parque zoológico e reservas florestais, e a navegação e a pesca são actividades populares no Lago Paranoá e nos rios próximos. A cidade dispõe de dois estádios de futebol profissional, um acompanhado por uma arena coberta para outros desportos.

Assim, quer você esteja à procura de cultura, diversão ou atividades mais clandestinas, como encontrar transex Brasília, a capital do Brasil tem muito para oferecer.

 

Fotos por Daniel CostaUnsplash

POSTS RELACIONADOS

Share this article

Leave a comment

Your email address will not be published.