Home / Cidades /

4 cidades de sonho para viver o Natal na Europa

4 cidades de sonho para viver o Natal na Europa

 

Há outras tradições natalícias, para além das que conhecemos em Portugal, que estão facilmente ao nosso alcance. Embora não haja Natal como o português, junto da família e com um peru e rabanadas na mesa, há sempre a possibilidade de dar um saltinho a uma cidade vizinha e saborear durante alguns dias o espírito natalício que começa a assentar sobre a cidade logo no início de novembro.

Nesta quadra natalícia, em que cada país difere tanto um do outro, por pequenas-grandes peculiaridades, sugerimos-lhe quatro destinos diferentes, não muito distantes geograficamente, para que não tenha de esticar muito o seu orçamento já reservado para as prendas de natal.

A escolha do Mundo de Viagens recaiu em paragens europeias muito próximas: Madrid, Roma, Paris e Londres. Estas cidades, que se transfiguram com as luzes, músicas e movimentos que tomam conta de si, incorporam nos próprios edifícios e monumentos o espírito de Natal. Apresentamos, sem demoras, o que esperar de cada cidade e como o Natal lhes traz toda uma nova magia.

4 cidades europeias para viver o Natal

Madrid

Madrid é uma capital fervilhante de animação, com as suas noites míticas a marcar o ritmo de uma cidade que nunca dorme e que ao raiar da aurora já tem os cafés abertos para servirem churros, tortillas e café cortado. A sua atração vem também do seu céu que, ao entardecer, ganha tonalidades mágicas, de movimento nas ruas, da forma como os seus habitantes acolhem quem ali chega, das cañas e tapas irresistíveis, dos seus clubes de futebol. É uma cidade a percorrer de ponta a ponta, a pé ou de bicicleta, para descobrir a riqueza da sua história contada pelos seus monumentos, os seus muitos jardins, os mercados e os bairros típicos.

No Natal, a cidade ganha um novo esplendor. As ruas ficam iluminadas, pelo ar ouvem-se cantigas de Natal e os presépios públicos são um bonito espetáculo de apreciar. A abertura oficial das festas é feita na Plaza de Oriente. Na noite da véspera de Natal, a Plaza de Cibeles recebe um espetáculo magnífico de luzes e efeitos pirotécnicos.

A Puerta del Sol ganha ainda mais destaque na noite de passagem de ano, pois é ali que muitos madrilenos e turistas se despedem do ano velho e esperam pelas 12 badaladas dadas pelo relógio da Casa de Correos para festejarem o novo ano.

Roma

Situada na região do Lácio, Roma é a cidade eterna, assim conhecida devido à sua história milenar. Banhada pelo rio Tibre, a cidade, tal como Lisboa, ergue-se sobre sete colinas e é a única no mundo a hospedar no seu perímetro uma cidade-estado soberana, o Vaticano. Símbolo da civilização europeia, é a capital da Europa com maiores dimensões e atrativos não lhe faltam para ser um destino turístico de eleição.

 

Luzes cintilantes e coloridas iluminam as ruas da cidade, que também se vê decorada em vários pontos com árvores de Natal enfeitadas. Nas igrejas, pontuam os presépios, mas os maiores e mais impressionantes são montados na Praça de São Pedro e na Basílica Papal de Santa Maria Maior, com as figuras esculpidas em mármore. Nesta quadra são vários os mercados existentes em Roma e o mais famoso é o da Praça Navona, que recebe barraquinhas que vendem uma série de produtos festivos. Várias também são as pistas de gelo espalhadas pela cidade, onde se podem passar divertidos momentos a patinar.

Paris

Beijada pelo rio Sena, Paris é romântica, emocionante e histórica. É também vibrante, moderna e elegante e seduz quem por ela passa. Com um sem fim de museus e monumentos, a capital de França abriga património artístico, histórico e cultural sem paralelo.

Na época natalícia, a Cidade da Luz torna-se ainda mais brilhante. Os Champs-Elysées cobrem-se de luzes e cerca de 200 árvores desta artéria vestem-se de anéis de leds multicoloridos. É também aqui que está montada uma aldeia de Natal, com 160 quiosques que oferecem artesanato e produtos de todas as regiões de França. O final do ano ganha ainda grande expressividade nesta avenida, que reúne centenas de pessoas para comemorar o Réveillon. Se prefere um ambiente mais calmo, a opção é a praça da basílica do Sacré-Coeur.

Londres

Quando em 1791 Samuel Johnson escreveu que “Sempre que um homem se cansa de Londres é porque está cansado da vida: porque há em Londres tudo o que a vida pode trazer”, certamente não imaginava que, mais de 220 anos mais tarde, a sua afirmação se manteria atual. Londres tem inúmeros atrativos que a tornam numa cidade única, quer se procure entretenimento ou cultura. Outro dos aspetos que a tornam especialmente apelativa é o facto de esta cidade ser completamente plana, o que faz com que os passeios se tornem tarefa muito fácil.

Nesta quadra, a cidade fica ainda mais iluminada, e artérias como Regent Street, Oxford Street e Carnaby Street tornam-se um espetáculo, devido às decorações da época. A possibilidade de neve é sempre excitante, embora reduzida, mas pode tentar o seu talento para a patinagem numa das inúmeras postas de gelo existentes. Há espetáculos no Royal Albert Hall, cânticos de Natal nas igrejas e basílicas, mercados de rua alusivos à época e uma árvore enorme montada em Trafalgar Square, dada desde 1947 pela Noruega, num gesto de gratidão pelo apoio prestado na II Guerra Mundial.

Na passagem de ano, as pessoas acorrem a Picadilly Circus para as badaladas da meia-noite e às margens do Tamisa para verem os fogo-de-artifício junto à torre do Big Ben. No dia seguinte, a emblemática Parada de Ano Novo apresenta bandas de música, cheerleaders, palhaços, acrobatas e muito mais.

 

Partilhe este artigo

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *