Home / Dicas de Viagens /

6 dicas que ainda não tinha considerado para poupar dinheiro em viagens

poupar dinheiro

6 dicas que ainda não tinha considerado para poupar dinheiro em viagens

 

Todos nós queremos viajar. Partir à descoberta de novos lugares que nos enriqueçam com as novas histórias e culturas. Encontrar pessoas que partilhem connosco experiências únicas. Afinal de contas, o mundo é tão vasto e apresenta-se a nós como um mapa de caça ao tesouro: queremos partir à procura de tesouros, desenterrar segredos e voltar a casa mais ricos (mesmo que não seja em dinheiro).

Todavia, falando em dinheiro… Esse é que acaba por ser o problema, não é? Não vale a pena continuar a fingir e manter a ilusão de que viajar é algo acessível a todos os bolsos. No Mundo de Viagens procuramos sempre encontrar maneiras de poupar em viagens – seja no transporte, no alojamento ou até mesmo nas refeições – mas mesmo com todos os esforços feitos há certos custos que certas pessoas não conseguem cobrir.

Mas não vamos explorar este lado menos bom do mundo das viagens. Neste post, a nossa ideia é apresentar novas soluções, que provavelmente desconhece ou que nunca sequer considerou, que podem provocar mudanças no seu orçamento e viabilizar aquela viagem que está a planear há tanto tempo.

6 dicas que ainda não tinha considerado para poupar dinheiro em viagens

Hostels e albergues

Muitas pessoas têm ainda a ideia errada de que para se fazer uma viagem é necessário encontrar alojamento num hotel. No entanto, esta não é a opção que fica mais em conta quando o orçamento é apertado. Por que não ficar num hotel económico, ou até mesmo um hostel ou um albergue? Uma grande maioria das pessos que não o faz diz que não sabe onde encontrar esse tipo de alojamento.

No entanto, a resposta pode ser facilmente encontrada no Booking: este motor de pesquisa filtra albergues em todo o mundo por cidade, faixa de preço, classificação (bed & breakfast, camping, pousada, apartamento) e tipo de quarto (individual ou compartilhado). Pelo próprio sistema das páginas, é possível ver o número de vagas, fazer a sua reserva e efetuar o pagamento.

Work a Way

E se lhe fosse dada a hipótese de trabalhar para pagar pelo alojamento que está a receber? Esta é uma ideia inovadora mas que começa a ganhar grande folgo e a ser aplicada por cada vez mais turistas. Mais do que permitir poupar em certos gastos, permite viver mais intensamente a viagem e trocar conhecimentos.

Cozinhar, ensinar matemática para crianças, pintar paredes ou trabalhar como funcionário de um hotel. Qualquer coisa pode ser usada como moeda de troca no Work a Way (plataforma que se encontra disponível em inglês e espanhol). A premissa é simples: trabalha quatro horas por dia e recebe acomodação e refeições como pagamento. A plataforma encontra-se aberta a qualquer pessoa interessada neste sistema.

CouchSurfing

O CouchSurfing, como o próprio nome indica, passa por fazer surf no sofá. Não, não é bem surf, é mais dormir, mas já vai perceber onde quero chegar. Tendo começado numa rede social, que se foi alastrando por todo o mundo, o CouchSurfing permite que durma na casa de uma pessoa de forma gratuita. Basta criar um perfil no site e escrever o destino da viagem para receber opções de anfitriões a abrir a sua casa e dispostos a partilhar o sofá.

 

A rede localiza todos os possíveis anfitriões. Envie uma solicitação de hospedagem para o que mais lhe agradar e, se aceito, você terá um sofá onde surfar. Quanto à segurança, há mecanismos que garantem um sono sem riscos. Após a estada, todo couchsurfer deixa um depoimento positivo, negativo ou neutro sobre o anfitrião que o acolheu. Consulte essas informações, visíveis no perfil do usuário, para saber se ele é ou não confiável.

AirBnB

Ainda não está totalmente rendido à ideia de passar uma noite no sofá de um estranho ou num albergue? Existem mais opções! O AirBnB é uma ferramenta que possibilita alugar um quarto, um imóvel inteiro ou até um castelo de anfitriões locais e por um preço acessível. Esta é uma ferramenta muito interessante para se sentir em casa mesmo não estando em casa.

Para fazer a sua pesquisa, pode criar uma conta gratuitamente no site e, quando encontrar a opção que melhor se ajusta àquilo que procura, pode proceder à reserva. A própria plataforma recebe e transfere o pagamento. Há recursos de denúncia que permitem notificar o AirBnB caso aconteça alguma situação menos agradável.

Bla Bla Car

Hoje em dia já é raro encontrar alguém com o polegar levantado na berma da estrada a pedir boleia. Felizmente, já não é necessário, porque se existe Internet, então também existirá de certo uma opção mais fácil para encontrar boleia.

O Bla Bla Car é uma ferramenta que liga viajantes a condutores com assentos livres no carro. Após preencher os campos de pesquisa no site, indicando a data e o destino da viagem, surgirão condutores a fazer a mesma rota e a procurar companheiros que partilhem com eles a jornada. O pagamento, usado para cobrir parte dos custos da viagem, é realizado através do site, e entregue ao condutor apenas após a confirmação de que tudo ocorreu conforme combinado.

Voos

Mesmo assim, sabemos que os custos mais altos costumam ser aqueles associados às passagens aéreas. Felizmente, há três sites onde podem encontrar sempre, e sem qualquer engango, os preços mais baratos praticados no mercado. Estamos a falar do Voopter, do Cheap O Air e do Jet Radar.

Cada um destes sites funciona de forma bastante intuitiva: tudo o que o utilizador tem de fazer é colocar o local de partida e destino, a data da viagem e o número de passageiros. Os sistemas fazem uma pesquisa pelas companhias aéreas e apresentam a opção de voo mais em conta como primeiro resultado.

 

Partilhe este artigo

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *