Home / Portugal /

Passaportes portugueses são dos mais poderosos do mundo

passaportes

Passaportes portugueses são dos mais poderosos do mundo

 

Em Portugal não estamos habituados a ouvir falar de pontos positivos acerca do nosso país. Ainda assim, recentemente os órgãos de comunicação social divulgaram uma boa notícia para todos os viajantes: o passaporte dos portugueses é um dos mais poderosos do mundo.

O passaporte da República Portuguesa pode ser usado para cruzar 172 fronteiras sem ser necessário um visto. No ranking recentemente divulgado e de que falaremos mais detalhadamente abaixo, o nosso país chega mesmo a figurar em sexto lugar entre os países que têm mais facilidade em permitir deslocações ao estrangeiro.

No entanto, porque é que isto acontece? De onde vem esta facilidade para viajar e passar a fronteira de países? Tudo isto é explicado pelo facto de a preparação das viagens ser mais fácil, rápida e económica. Outros factores como a história de Portugal e as boas relações diplomáticas que têm sido mantidas com o exterior pesam também nesta posição tão importante.

ranking foi revelado pela consultora Henley & Partners, no âmbito do estudo Visa Restrictions Index 2016, que tomou em consideração 219 destinos, dos quais o passaporte português, como dissemos acima, consegue cruzar 172 destinos.

 

Passaportes: Como se apresenta o ranking?

Portugal divide o sexto lugar do ranking com dois outros países: Canáda e Luxemburgo. Entretanto, como seria de esperar, é a Alemanha a liderar o ranking – permitindo o seu passaporte para viajar a 177 países – enquanto na cauda se apresenta o passaporte do Afeganistão, que dá acesso a 25 territórios sem visto.

Ainda assim, o passaporte português continua a ser batido pelo francês e espanhol. O estudo Visa Restrictions Index 2016 aponta que, além da liderança da Alemanha, o passaporte do Reino Unido permite viajar para 175 (fazendo dele o terceiro no ranking). Neste terceiro lugar também está a Finlândia, França, Itália, Espanha.  O passaporte dos Estados Unidos, por sua vez, permite viajar para 174 países (colocando-os assim na quarta posição). A Suécia está no segundo lugar do leque dos passaportes mais “poderosos”.

O estudo Visa Restrictions Index 2016 teve em consideração os dados de 193 Estados das Nações Unidas, bem como de outros territórios como Porto Rico, Bermudas ou a Guiana Francesa. A análise é elaborada tendo como base os dados do IATA – autoridade máxima da aviação civil a nível mundial. Este é o décimo ano consecutivo em que o estudo é apresentado ao público.

 

Partilhe este artigo

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *