Home / Cruzeiros /

Harmony of the Seas: como é estar no maior navio do mundo?

Harmony of the Seas: como é estar no maior navio do mundo?

 

Às vezes é preciso ver as coisas de uma perspetiva mais alta para perceber o quão verdadeiramente maciço algo pode ser. Recentemente, circularam na Internet algumas fotografias (que mostramos abaixo) de uma embarcação gigantesca bem visível no oceano a partir de imagens captadas a partir de uma câmara aérea.

Do que se trata? Basicamente, do maior navio do mundo!

Para quem não conhece, o Harmony of the Seas, aquele que é atualmente considerado o maior navio do mundo. Encomendado e integrado na frota da Royal Caribbean International, o navio foi construído ao longe de 32 meses num estaleiro em França onde se reuniu uma equipa de mais de 2.500 trabalhadores, empreiteiros e fornecedores. Um projeto de uma magnitude gigantesca para um navio gigantesco!

Uma vez terminada a construção, foi planeada a sua viagem inaugural, agendada para maio de 2016. Com toda a sua pompa e glória, o Harmony of the Seas foi então lançado ao mar para a sua primeira viagem oficial, levando no seu interior mais de 2 mil tripulantes de 77 nacionalidades diferentes. Durante os dias que se seguiram o navio fez uma curta viagem até ao porto de Southtampton, no Reino Unido, antes de regressar ao porto em Barcelona, onde permanecerá até outubro de 2016, antes de fazer a sua primeira viagem transatlântica aos Estados Unidos.

Entretanto, é importante perceber a dimensão deste navio. A embarcação pesa 226.963 toneladas e conta com 362 metros de comprimento e 66 metros de largura no seu ponto mais largo. No que diz respeito à sua altura, o Harmony of the Seas ergue-se mais de 70 metros acima da linha da água, o equivalente a um prédio de 23 andares. Toda a estrutura permite albergar mais de 8 mil pessoas.

 

Como podemos ver nas fotografias abaixo, o Harmony of the Seas inclui três áreas principais de piscina, um solário só para adultos, uma pista de patinagem de gelo, duas paredes de escalada, um campo de basquete, uma sala de espectáculos com mais de 1400 lugares e um jardim onde existem 12 mil espécies diferentes de plantas. Sim, tudo isto dentro de um navio. E os números não ficam por aqui: a eles somam-se as 2.500 salas de estado, 20 restaurantes e os empregados de mesa robots. Quem não gostaria de viajar neste pequeno canto do paraíso que em breve navegará pelos quatro cantos do mundo?

Richard Fain, presidente e CEO da Royal Caribbean Cruises Ltd, disse em declarações à imprensa que o Harmony of the Seas é “o produto do nosso espírito zeloso de melhoria contínua, onde há uma combinação do design revolucionário naútico com os avanços tecnológicos que definiram a marca Royal Caribbean.”

Perante tanto luxo e a dimensão desta embarcação, não há nada melhor do que fotografias que descrevam o que é estar a bordo do The Harmony of the Seas.

O que encontrar a bordo do The Harmony of the Seas

  

 

Partilhe este artigo

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *