Home / América do Norte /

A GoPro que voou o Grand Canyon num balão de ar quente

gopro

A GoPro que voou o Grand Canyon num balão de ar quente

 

Estamos em junho de 2013 quando um grupo de cinco amigos do Arizona, nos Estados Unidos, decide captar algumas fotografias e vídeos da região. Porém, queriam que as fotografias fossem capturadas a partir de alguns metros de altitude, mais propriamente a partir da Estratosfera. Como concretizar este plano sem investir num grande orçamento?

A solução foi encontrada rapidamente: colocar uma câmara GoPro num balão meteorológico e fazê-la voar. Esta máquina começou então a subir, alcançando por fim mais de 30 mil metros de altitude. Resultado? O grupo de amigos viu a câmara ser levada pelo balão e desaparecer completamente por entre as nuvens.

build1-2

Para além de uma GoPro Hero3, o balão levava também uma máquina de filmar Sony e um smartphone Samsung Galaxy Note II. Enquanto as duas câmaras estavam programadas para gravar imagens, o telefone tirava fotografias e rastreava a localização. Porém, dada a pouca rede telefónica conseguida no Grand Canyon, perderam as informações de localização da máquina.

Isso não implicava que fossem desistir. Nos meses que se seguiram, este grupo começou a procurar a máquina por todo o lado. Onde poderia ter caído o balão com a GoPro?

GoPro: onde caiu a máquina e quem a encontrou

A resposta chegou apenas em 2015, mais de dois anos depois desta pequena experiência. Uma turista a fazer uma excursão pelo Grand Canyon descobriu a caixa que continha todo o equipamento. Infelizmente, todas as informações que permitiam identificar o grupo tinham sido apagadas pelo vento, exposição solar e por animais que pisaram a caixa e provocaram alguns danos.

 

A sorte estava, no entanto, do lado deste grupo de amigos do Arizona. Esta mesma turista trabalhava para uma operadora móvel e conseguiu identificar um dos elementos do grupo a partir do cartão SIM do telemóvel. É desta forma que os contacta e procede à devolução do equipamento.

O telemóvel e a máquina de filmar Sony ainda funcionam, ao contrário da GoPro, que terá caído para fora da caixa de esferovite que embalava o equipamento e ficado diretamente exposta ao sol.

Do que o grupo não estava à espera era de encontrar imagens incríveis na pequena máquina que, durante a sua viagem errática,  passou pelo Grand Canyon. O que a máquina capturou foi de tal forma incrível que as imagens foram já partilhadas pelo grupo no seguinte vídeo.

Para além deste trabalho, este grupo de amigos continua a fazer uma série de trabalhos visuais com a utilização de uma série de equipamentos, entre os quais a GoPro. Após o sucesso alcançado com o vídeo do Grand Canyon – que atingiu mais de 6 milhões de visualizações e foi transmitido em vários canais televisivos norte-americanos – fundaram a Night Crew Labs.

 

Partilhe este artigo

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *