Home / Cidades /

Conheça 7 pontos turísticos a visitar em Vieira do Minho em Portugal

Conheça 7 pontos turísticos a visitar em Vieira do Minho em Portugal

Belas paisagens e montes de perder de vista. É esta a imagem de marca de Vieira do Minho, um concelho do distrito de Braga, que se localiza mesmo no coração da região minhota de Portugal.

Rodeada pela Serra do Gerês e pela Serra da Cabreira, Vieira do Minho tem vindo a destacar-se entre os adeptos de turismo rural e aqueles que viajam à procura de experiências radicais.

Escalada, BTT, paintball ou simples caminhadas são algumas das atividades que em Vieira do Minho encontram o espaço ideal para a sua prática.

No final, o convite é para respirar fundo enquanto olha para uma das muitas maravilhas naturais no seu estado mais puro. A beleza rústica fica na memória e perdura mesmo nos pensamentos daqueles que só visitam o concelho uma vez.

Antes de passarmos às principais atrações turísticas, não podemos deixar de referir o queijo e o mel, duas das iguarias da região, às quais se juntam os também tradicionais cabrito no forno e a vitela barrosã. Afinal, depois de uma longa caminhada não há nada melhor do que sentar à mesa e desfrutar de um prato repleto de sabores tradicionais.

DESCUBRA HOTÉIS EM VIEIRA DO MINHO

O QUE FAZER EM VIEIRA DO MINHO

ENCONTRAR RESTAURANTES EM VIEIRA DO MINHO

7 principais pontos turísticos de Vieira do Minho

Barragem da Caniçada 

Sobre o Rio Cávado encontramos a Barragem da Caniçada, construída no ano de 1955 para aproveitamentos hidroelétricos.

A barragem possui uma extensão de 80 metros e dela vemos uma albufeira com vários quilómetros e que é considerada uma das mais belas de Portugal. É também essa albufeira que marca uma parte dos limites da fronteira sul do Parque Nacional da Pena-Gerês.

Para desfrutar da vista pode encontrar um restaurante ou ficar a dormir num dos hotéis ou pensões que se encontram na região.

Se, por outro lado, gosta de desportos radicais ou quer dar uma volta de barco, então pode procurar fazer uma visita ou aventurar-se por uma das atividades permitidas nessa zona. São elas o ski aquático, a pesca, o mergulho, o barco à vela e o windsurf. 

Barragem de Guilhofrei ou de Ermal

Quem passa na estrada nacional 103 em direção a Cabeceiras de Basto encontra a Barragem de Guilhofrei ou de Ermal.

Sob as águas do rio Cávado vemos uma bela paisagem da qual faz parte a ilha de Ermal. A zona tornou-se mais popular graças a um festival de música hard rock e heavy metal, por onde já passaram nomes como os Sepultura, os Angra e os Slipknot – o Festival Ilha Ermal.

A região da Barragem de Guilhofrei oferece boas condições para os adeptos de natação e também para pescadores. As espécies locais são o achigã, o boga, o pimpão e a truta. Para quem procura algo mais radical, é possível praticar windsurf, mergulho, jet ski, andar de mota de água ou velejar um barco à vela. 

Barragem de Salamonde

A Barragem de Salamonde foi inaugurada no ano de 1953 e também tinha como objetivo a produção hidroelétrica.

Ao todo são 75 metros que integram uma albufeira bastante estreita, entre as vertentes a norte do Gerês e as vertentes a Sul da Cabreira. De lá temos uma vista sobre o rio Cávado e sobre a ponte romântica da Misarela. A beleza da paisagem é única e muitos comparam-na aos alpes suíços.

Ao contrário das barragens anteriores, aqui as atividades permitidas não são tantas. Quem quiser pode dedicar-se à pesca, praticar natação ou navegar um barco à vela. Para chegar à Barragem de Salamonde só tem de seguir pela estrada nacional 103. 

Feira da Ladra

Se está a pensar ir a Vieira do Minho mas não sabe quando marcar viagem, então saiba que o primeiro fim-de-semana e segunda-feira seguinte do mês de outubro são uma excelente altura.

Isto porque é precisamente nesses dias que se realiza a edição anual da Feira da Ladra de Vieira do Minho. A oportunidade é única já que poderá encontrar os produtos da região e experienciar o contacto direto com a cultura popular.

A Feira da Ladra chama-se assim porque de facto havia algo que era roubado. Reza a história que designação surgiu por causa das pessoas que iam à romaria e levavam um pau rachado – uma ladra – para ir roubando cachos de uvas no percurso para a feira. 

Feira Quinzenal de Rossas

Como não há melhor sítio para encontrar produtos regionais a melhores preços, recomendamos-lhe que aproveite a oportunidade para passar na Feira das Rossas.

A feira realiza-se todos os sábados, de quinze em quinze dias e ocorre numa freguesia próxima da vila de Vieira do Minho. Localizada a 11 quilómetros da sede de Concelho, Rossa é uma localidade relativamente pequena que, nos censos de 2011, possuía 1 673 habitantes. 

Feira Semanal de Vieira do Minho 

Se não teve oportunidade de visitar as feiras anteriores, então talvez consiga dar um pulo à Feira de Vieira do Minho.

Realizada no centro da vila, esta feira tem data marcada para todas as segundas feiras e nela podemos encontrar pessoas que compram e vendem todo o tipo de legumes e mercearias. Certamente que também aqui encontrará bom queijo e bom mel.

Ponte de Misarela 

A ponte de Misarela destaca-se pela beleza rústica e austera. Localizada na freguesia de Ruivães, esta edificação romano-medieval está no meia das serras, fazendo a travessia do leito do rio Rabagão.

A ponte tem um arco só e surge associada a várias lendas sobre o diabo. Em tempos muitos acreditaram que a região possui algum tipo de magia, capaz de aumentar a fertilidade.

Lendas à parte, de uma coisa não há dúvidas: foi na Ponte da Misarela que ocorreu um combate entre os portugueses e as tropas napoleónicas, comandadas pelo general Soult.

Estávamos então no final das segunda invasão francesa e os inimigos partiam em retirada vindos do Porto. A população local teve um papel importante e graças ao combate a ponte precisou de ser reconstruída.

CONFIRA AS NOSSAS DICAS PARA VIAJAR BARATO AQUI NESTA PÁGINA

 

 

ARTIGOS RELACIONADOS

     

Partilhe este artigo

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *