Home / Cidades /

7 destinos imperdíveis para quem vai fazer viagem para Europa

7 destinos imperdíveis para quem vai fazer viagem para Europa

 

Visitar a Europa é um sonho que muitos brasileiros alimentam, mas que nem sempre é possível concretizar: é uma grande viagem que deve ser cuidadosamente planeada de modo a aproveitar ao máximo o investimento.

Entre os vários preparativos obrigatórios, que inclui planeamento de viagens e marcação de hotéis nas cidades de destino, convém sublinhar que nem todos os países da Europa têm as mesmas regras e exigem os mesmos documentos.

Assim, a União Europeia determinou que todos os visitantes que não necessitam de um visto Schengen devem passar pelo Sistema Europeu de Informação e Autorização de Viagem (o ETIAS), que corresponde a um sistema eletrónico que registra a entrada de todos os visitantes oriundos de países que não obrigam à posse de um visto Schengen.

A Segurança é o grande objetivo do sistema, sendo e realçar que os brasileiros têm obrigatoriamente de passar por este sistema. Para saber ao certo quais os documentos exigidos visite o site sobre espaço Schengen da ETIAS e confirme todas as informações essenciais.

Na verdade, um total de 26 países formam o Espaço Schengen, através de um acordo mútuo que permite a livre movimentação de todos os cidadãos do Schengen, removendo as fronteiras internas e reforçando as externas.

22 desses países são membros da União Europeia, enquanto os outros 4 fazem parte do EFTA (Associação Europeia de Livre Comércio). Além dos 26 países do Espaço Schengen, três microestados também fazem parte dessa área. Um visto Schengen também concede entrada nos seguintes microestados: Vaticano, Mónaco, San Marino.

Irlanda, Roménia, Bulgária, Croácia e Chipre fazem parte da União Europeia, mas não participam do acordo do Schengen.

Aproveite então as nossas sugestões para começar a preparar com rigor como será a sua primeira viagem para Europa.

Confira 7 destinos imperdíveis na Europa

Viagem para Europa: Amesterdão na Holanda

Recomendamos um saltinho até à cidade de Amesterdão na Holanda. Erguida sobre uma vasta rede de canais que lhe conferem uma beleza muito particular, esta cidade é o destino ideal para um fim-de-semana cultural ou não possuísse um elevado património cultural e arquitectónico.

Amesterdão surpreende os seus visitantes pela sua beleza natural, não só pelos canais do rio Amstel, mas também pela forma como todos os monumentos estão preservados. O centro da cidade encontra-se dividido por canais, que ligam mais de 90 pequenas ilhas, num total de cerca de 1300 pontes e pequenos viadutos.

A cidade de Amesterdão é considerada um museu vivo, porque transmite, ao mesmo tempo, uma atmosfera moderna, de liberdade e tolerância, e de enorme expressão artística. O grande desenvolvimento aconteceu no século XVII, sobretudo a nível arquitectónico, visível pelas magníficas fachadas que muitos edifícios apresentam.

Viagem para Europa: Madrid em Espanha

Responder à pergunta “o que fazer em Madrid?” não é uma tarefa nada fácil. Não pela falta de pontos interessantes, mas pela quantidade de atrações que dariam para se manter entretido durante uma estada de vários dias. Assim se tem vontade de conhecer a capital de Espanha não perca as tradições da cidade, garantindo também uma passagem pelos monumentos mais importantes.

Cidade de reis, museus e de animação constante, a capital espanhola combina a história dos edifícios com a modernidade e a agitação constante do dia-a-dia. No centro da cidade, encontramos um monte de lojas com referências à tourada, às sevilhanas e às tradições espanholas, ao mesmo tempo que podemos comer um hambúrguer numa cadeia de fast food global. Esta não é a sugestão mais aconselhável para quem procura comida típica: esses podem encontra-la nos cafés e restaurantes com paelhas e outros pratos regionais.

Antes de dar mais um passo que seja, procure um mapa da cidade. O centro histórico é suficientemente pequeno para que o possa percorrer maioritariamente a pé (embora isso possa ser ligeiramente cansativo), mas – como qualquer cidade – é fácil perder-se. Se o fizer, faça-o voluntariamente já que vale muito a pena percorrer as ruas típicas onde o pitoresco ganha forma na arquitetura local.

Viagem para Europa: Barcelona em Espanha

Barcelona é a escolha perfeita para quem procura cultura e, ao mesmo tempo, agitação. Aproveite para dar um passeio pela avenida Las Ramblas que lhe dará um retrato autêntico de uma das metrópoles mais frenéticas da Europa.

Se existe alguma coisa, ou alguém, que traduza para um turista o que é a alma catalã, ou a parte visível desse espírito, é a obra arquitetónica. Principalmente a do inconfundível mestre Gaudí.

A obra de António Gaudí, pai da arquitetura moderna, vai muito além do terreno religioso. Barcelona, que já seria linda sem qualquer uma das obras do arquiteto, tem outras dez magníficas construções por si assinadas. São de visita obrigatória pelo menos três das suas obras: o Palau Güell e as casas Batló e Milá ou La Pedrera.

Na cidade de Barcelona as atrações são verdadeiras obras de arte ao ar livre. Conceda algumas horas para contemplar as mais faustosas, nomeadamente o Parc Güell e a igreja Sagrada Família, que uma vez mais têm a assinatura de António Gaudí.

Aproveite ainda para fazer um passeio pela avenida Las Ramblas que transmite ao visitante um retrato fidedigno de umas das metrópoles mais agitadas da Europa. Para quem não sabe Rambla, em catalão, significa uma via aberta num local ocupado anteriormente por um canal. O nome, claro está, acabou por denominar a avenida principal de quase todas as cidades da Catalunha.

TripAdvisor

Viagem para Europa: Florença em Itália

Florença é considerada uma das mais românticas cidades da Europa. Uma viagem proporcionará excelentes oportunidades para descobrir todos os encantos da cidade, onde a cultura, a arte, a beleza paisagística e as compras criam o ambiente perfeito para uns bons dias de descanso.

Mesmo sendo uma pequena cidade, Florença torna-se especial por essa sua qualidade. Porquê? Porque pode ser facilmente conhecida através de agradáveis passeios a pé, uma vez que os pontos mais interessantes estão, regra geral, concentrados em quarteirões próximos uns dos outros.

Considerada a cidade da arte, são muitos os locais que pode descobrir numa Florença que inspirou alguns dos mais famosos artistas italianos que aí viveram. Falámos claro dos génios da história da humanidade como Leonardo da Vinci, Michelangelo, Dante, Maquiavel, Galileu e da família Médici.

Mais recentemente, o autor norte-americano Dan Brown, bem conhecido do bestseller Mona Lisa, chegou mesmo a usar a cidade de Florença como pano de fundo para o romance Inferno, que rodeia um mistério relacionado com a própria obra de Dante.

Assim, se é um apreciador das belas-artes, não deve deixar de ver algumas obras-primas, nomeadamente o Nascimento de Vénus, de Botticelli e a estátua genuína de David, de Michelangelo. Não perca ainda a oportunidade de descobrir a Piazza della Signoria, uma espécie de museu ao ar livre, com magníficas estátuas renascentistas, e a Piazza del Duomo, cujo majestoso edifício demorou dois séculos a ser construído.

Mas o lado romântico está sempre à espreita em Florença. Aproveite para passear com a sua cara-metade até à Ponte Vecchio e espreitar o rio Arno. Esta é a ponte mais antiga da cidade e à sua volta pode apreciar as famosas oficinas e lojas de ourivesaria.

Viagem para Europa: Roma em Itália

Roma, a cidade imperial por excelência. É impossível não mencionar nesta lista a capital de Itália. Deixe-se inebriar pelo colorido e vivacidade dos mercados de rua romanos, pela famosa e espectacular fonte da cidade e pela grandiosidade do Coliseu de Roma.

Roma é conhecida no mundo pela sua história, por isso mesmo a zona histórica da cidade deve estar na lista das prioridades de visita. Para início de viagem opte por um passeio pelo Trastevere, o bairro mais típico de Roma, com casas modestas, roupas nas janelas, portas abertas e comércio tradicional de bairro.

É certo e sabido que quem visita Roma e não vai ver o Papa comete um pecado.  Embrenhe-se então pelos museus do Vaticano, em particular na Capela Sistina, onde poderá apreciar os belíssimos frescos pintados por Michelangelo. Neste local, que junta a arte e a religião, os cardeais outrora reuniam-se para eleger o Sumo Pontífice. Dois locais de passagem obrigatória são a Praça e a Basílica de S. Pedro.

De acordo com a história, a basílica foi construída sobre a tumba de São Pedro e demorou mais de um século a ser concluída. Aproveite a oportunidade para subir ao Domo de Michelangelo e caminhe pelo telhado da basílica, ao mesmo tempo que aprecia a bonita vista sobre Roma e o Vaticano.

Quem visita Roma tem sempre a curiosidade de ver de perto um dos maiores ícones da cidade, o grandioso Coliseu de Roma. Mas a viagem não ficará completa se não conhecer a mais famosa e espectacular fonte da cidade: a Fontana di Trevi edificada entre os anos de 1732 e 1751. Segundo reza a lenda quem atirar para lá uma moeda garante o seu regresso à cidade.

Para descobrir se a lenda é verdadeira nada melhor do que experimentar. Para terminar dê um passeio pelos jardins do Castel Sant’ Angelo, onde no antigo fosso do castelo ainda se realizam festivais e feiras de livros, com muitas exposições gratuitas.

Viagem para Europa: Paris em França

Paris! Esta é a maior atração turística da Europa. Passear pelas ruas parisienses em busca do Museu do Louvre ou da Catedral Notre-Dame ou da Torre Eiffel é um prazer indelével sem dúvida. Não deixa também de fazer passeio noturno pela Avenida de Champs-Elysees em direção ao Arco do Triunfo, enquanto espreita o show de luzes da Torre Eiffel (de hora em hora, até às 5).

No entanto, Paris é uma cidade grande e diversificada, composta por vinte distritos que dividem diferenças e semelhanças em igual quantidade. Suba ao ponto mais alto de Paris, onde fica a Basílica do Sagrado Coração (Basilique du Sacre-Coeur) e tenha a melhor vista de toda a cidade, onde pode apreciar à distância as ruas de Montmartre, a Grande Mesquita de Paris, a Chinatown de Paris (Quartier Chinois) e até o Rio Sena, que muitas vezes abriga festas com uma mistura com DJs de house e hip-hop. C’est la vie!

Viagem para Europa: Porto em Portugal

Considerada uma cidade “hipster” e jovem, muito graças ao facto de abrigar a Universidade mais conhecida do país, a cidade do Porto em Portugal está a dar que falar e merece a sua visita. Com um passado histórico ancestral, a cidade do Porto situa-se no Norte de Portugal, tendo florescido ao longo dos séculos junto à foz do rio Douro.

Este mesmo rio, que serve como estrada entre as adegas situadas nas margens da Ribeira e Gaia e as quintas vinícolas na região do Alto Douro, é hoje frequentado por inúmeros turistas que, a bordo de barcos rebelos, partem pelas águas para admirar a cidade do Porto a partir do rio. Com seis pontes a unir as duas margens, este local proporciona um bonito espetáculo arquitetónico.

Se tem interesse por história medieval e arte gótica, então a Sé do Porto é paragem obrigatória. Este edifício datado ao século XII foi, em tempos idos, o coração da cidade e palco de acontecimentos históricos. Entre estas paredes, onde ainda hoje podemos apreciar o retábulo com talha dourada, casou o rei D. João I com a princesa inglesa Filipa de Lencastre: os pais de uma das dinastias mais importantes de Portugal.

 

ARTIGOS RELACIONADOS

     

Partilhe este artigo

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *