Home / Cidades /

Roma: a cidade repleta de histórias e lugares mágicos para descobrir

Roma: a cidade repleta de histórias e lugares mágicos para descobrir

 

Neste post decidimos dar um pulinho a Roma, a cidade imperial por excelência. Deixe-se inebriar pelo colorido e vivacidade dos mercados de rua romanos, pela famosa e espectacular fonte da cidade e pela grandiosidade do Coliseu de Roma.

Quando se prenuncia a palavra Itália a primeira ideia que nos surge é a de uma bota estreita que invade profundamente o mar Mediterrâneo. Situada no Velho Continente, a península italiana faz fronteira com a França, a oeste; com a Suíça e a Áustria, a norte; e, a este, com a Eslovénia.

São aproximadamente 1300 quilómetros de longitude e 600 quilómetros de largura divididos em 20 regiões administrativas e com características diferentes. As cinco cidades deste circuito posicionam-se, no Sul, na zona de Lazio (Roma), e na região de Campania (Nápoles, Pompeia, Sorrento e Capri).

Roma: o que ver?

Roma é conhecida no mundo pela sua história, por isso mesmo a zona histórica da cidade deve estar na lista das prioridades de visita. Para início de viagem opte por um passeio pelo Trastevere, o bairro mais típico de Roma, com casas modestas, roupas nas janelas, portas abertas e comércio tradicional de bairro.

É certo e sabido que quem visita Roma e não vai ver o Papa comete um pecado.  Embrenhe-se então pelos museus do Vaticano, em particular na Capela Sistina, onde poderá apreciar os belíssimos frescos pintados por Michelangelo. Neste local, que junta a arte e a religião, os cardeais outrora reuniam-se para eleger o Sumo Pontífice. Dois locais de passagem obrigatória são a Praça e a Basílica de S. Pedro.

De acordo com a história, a basílica foi construída sobre a tumba de São Pedro e demorou mais de um século a ser concluída. Aproveite a oportunidade para subir ao Domo de Michelangelo e caminhe pelo telhado da basílica, ao mesmo tempo que aprecia a bonita vista sobre Roma e o Vaticano.

Quem visita Roma tem sempre a curiosidade de ver de perto um dos maiores ícones da cidade, o grandioso Coliseu de Roma. Construído no século I d.C. foi, durante 400 anos, o centro romano de luta entre gladiadores e o local onde eram atirados aos leões os cristãos perseguidos. Constituído por um edifício de quatro andares, com a forma de uma elipse, albergava até 60 mil pessoas. Actualmente, o Coliseu de Roma é considerado uma verdadeira obra-prima de engenharia e arquitectura da sua época.

Mas a viagem não ficará completa se não conhecer a mais famosa e espectacular fonte da cidade: a Fontana di Trevi edificada entre os anos de 1732 e 1751. Segundo reza a lenda quem atirar para lá uma moeda garante o seu regresso à cidade. Para descobrir se a lenda é verdadeira nada melhor do que experimentar. Para terminar dê um passeio pelos jardins do Castel Sant’ Angelo, onde no antigo fosso do castelo ainda se realizam festivais e feiras de livros, com muitas exposições gratuitas.

Saborear um pouco da sua cultura

Perceber a cultura italiana é recuar no tempo. O desenvolvimento cultural da península  ficou profundamente marcada pelas influências históricas que a Itália bebeu da Antiguidade, nomeadamente pelas heranças etruscas, romanas e gregas. Por outro lado, a diversidade geográfica que se estende desde as montanhas alpinas até à Sicília tem permitido todo o tipo de influências por parte das culturas vizinhas, sendo Roma um bom exemplo desse fenómeno.

Contudo, a cultura italiana é sobretudo identificada nas atitudes, gestos e gostos das suas gentes. Como bons mediterrâneos, os italianos demonstram um grande amor pela vida e, sobretudo no Sul do país, o povo vive de uma forma especial. A boa comida e as extrovertidas relações sociais fazem parte indissolúvel da vida dos italianos.

Além da parte cultural e histórica, Itália é também conhecida pela sua gastronomia. Viva a pasta, a pizza, o tomate, o azeite, o café expresso e o capuccino. Tudo porque Itália tem um infindável número de pratos diferentes, centenas de especialidades culinárias, uma infinidade de deliciosos produtos típicos, graças a um sistema agro-industrial moderno e avançado, preocupado em preservar os sabores e os valores tradicionais. No que diz respeito aos vinhos, Itália oferece desde os brancos, tintos, passando pelo rosés e pelos passiti, até aos muffati e aos espumantes.

No blog Mundo de Viagens, pode encontrar ainda o relato da viagem que a Marta Reis fez à cidade de Roma pela ocasião do Natal. Deixe-se inspirar por este testemunho e marque já a sua viagem!

Encontre as melhores oportunidades, compare preços e leia o que outros viajantes escreveram sobre Roma no TripAdvisor

 

Partilhe este artigo

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *