Home / Dicas de Viagens /

Extremadura: 5 motivos para dar um saltinho aqui ao lado

Extremadura: 5 motivos para dar um saltinho aqui ao lado

 

Explorar um dos últimos paraísos naturais do Sul da Europa. Percorrer cidades monumentais que são Património da Humanidade. Saborear uma gastronomia que surpreende pela fusão de sabores e influências. É isto tudo que a Extremadura tem para oferecer: e fazer uma viagem até lá é muito fácil a partir de Portugal.

Tratando-se da região espanhola que partilha mais fronteira com Portugal (430 quilómetros), a Extremadura oferece variadíssimas possibilidades para fugir à rotina. Se está à procura de um destino diferente para visitar com a sua família durante o fim-de-semana, aconselhamo-lo a atravessar a raia e viver a experiência da Extremadura.

Neste post, apresentamos 5 motivos para começar a planear a sua viagem a terras espanholas ainda hoje.

5 motivos para dar um saltinho à Extremadura

1 – Natureza diversa

Poucas regiões espanholas contam com tanta biodiversidade e tantos hectares protegidos como a Extremadura. Mais de 60 espaços preservam ecossistemas que atraem visitantes de toda a Europa, entre os quais o Parque Nacional de Monfrague, a maior mancha de floresta mediterrânica a nível mundial, e o Parque Natural do Tejo Internacional, partilhado por Espanha e Portugal. Pode partir à descoberta destas duas áreas protegidas de carro ou em todo-o-terreno, a pé através de vários itinerários com diferentes graus de dificuldade, de bicicleta e a cavalo, mas também de caiaque e canoa.

Na sua viagem à Extremadura não se esqueça dos binóculos, já que este se trata de um dos destinos preferidos para os amantes da ornitologia, pela quantidade e a variedade de espécies. Poderá observar o voo majestoso da águia imperial ibérica e de outras aves de grande valor, como a cegonha-preta ou o abutre-preto. Os estremenhos celebram esta riqueza natural com vários eventos ao ar livre, como o Festival dos Grous em Navalvillar de Pela (Badajoz) e a Feira Internacional de Turismo Ornitológico, em Monfragüe, considerada a mais importante do sul da Europa.

2 – Desporto

A Extremadura é o lugar ideal para praticar desporto em contacto com a natureza: percursos pedestres, cicloturismo, escalada, parapente, tiro com arco ou paintball, assim como atividades aquáticas, entre as quais canoagem, vela, mergulho, esqui e pesca desportiva numa região que possui mais de 1500 quilómetros de costa interior.

No norte é possível praticar canyoning em cascatas e desfrutar das poças espetaculares no Vale do Jerte e La Vera, onde existem equipamentos preparados para os seguidores deste desporto que reúne técnicas de escalada, espeleologia e natação. Se gosta de caminhar, recomendamos ainda que siga o percurso da Via da Prata, uma estrada romana que atravessa a Extremadura de sul a norte e que é utilizada por muitos peregrinos que se dirigem a Santiago de Compostela. O percurso está cheio de monumentos de várias épocas, rodeados por uma paisagem deslumbrante.

3 – História

Se a natureza já representa, de per si, uma boa desculpa para conhecer a Extremadura, o seu extenso património histórico não lhe fica atrás. Existem mais de 300 edificações declaradas Bens de Interesse Cultural, como igrejas, palácios, pontes ou restos arqueológicos espalhados por um território que também se pode gabar da sua arquitetura contemporânea e que segue com atenção as vanguardas artísticas, como se pode comprovar no Museu Extremenho e Ibero-Americano de Arte Contemporânea de Badajoz (MEIAC) ou na Fundação Helga Alvear e o Museu Vostell Malpartida, ambos na província de Cáceres.

Nesta região fronteiriça pode apreciar ainda o legado de todas as civilizações que viveram na Península Ibérica, desde os romanos aos árabes, passando pelos visigodos e judeus. Por esta razão, o catálogo monumental e artístico da Extremadura é considerado um dos mais completos e variados de Espanha, com dezenas de cidades e vilas a merecer uma visita: Trujillo, Plasencia, Hervás, Medellín, Jerez de los Caballeros, Valencia de Alcántara, Zafra, Olivença, Azuaga, Alcántara, Coria, San Martín de Trevejo, entre outros. Há muito por onde escolher.

 

4 – Mérida, Cáceres e Guadalupe

Na sua viagem encontrará ainda três enclaves que a UNESCO reconheceu pela sua relevância e o seu magnífico estado de conservação: Mérida, com os seus inúmeros monumentos romanos; Cáceres, um dos conjuntos medievais melhor preservados da Europa; e o Real Mosteiro de Guadalupe, um magnífico edifício que combina a arte mudéjar e gótica e que alberga valiosas coleções de arte.

Em Mérida poderá regressar aos tempos do Império Romano atravessando a ponte de 792 metros e 60 arcos sobre o Guadiana (a maior que se mantém de pé daquela época) ou visitando o teatro com capacidade para seis mil pessoas, onde cada verão se realiza o festival de Teatro Clássico, um dos mais prestigiosos do seu género na Europa.

Descubra as vielas empedradas de Cáceres, fotografe dezenas de palácios, casas senhoriais e igrejas e observe as cegonhas voando entre torres e campanários.

No mosteiro de Guadalupe, localizado numa envolvente natural de grande beleza, visite os claustros, a igreja, a sacristia e os vários museus que guardam livros preciosos, bordados, relicários, ourivesaria e quadros de El Greco e Francisco de Goya, entre outros artistas.

5 – Tapas

A Extremadura é uma referência na produção do presunto ibérico de bolota, ícone da gastronomia espanhola. Há toda uma cultura centenária por detrás desta iguaria: a criação do porco preto nos montados de sobreiros e azinheiras, o seu cuidado processo de elaboração, a arte do corte em fatias… O presunto faz parte de mil e uma receitas da gastronomia estremenha, uma cozinha que mistura sabores e influências de fora, entre elas as provenientes de Portugal.

As tapas são um assunto levado muito a sério na Extremadura e, com o intuito de proporcionar novas experiências, misturam produtos da terra como presunto, queijos Tora del Casar, La Serena e Ibores, azeitonas, cogumelos, azeite de oliva, vitela, tomate, borrego… Todas estas maravilhas podem ser desgustadas habitualmente nos restaurantes e bares da região.

[tp_hotel_selections_widget id=3182 type=compact limit=5 subid=””]

 

Partilhe este artigo

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *