Home / Ásia /

Turquia: o país que fica na Europa… e na Ásia

Turquia: o país que fica na Europa… e na Ásia

 

Antigo centro da civilização mundial entre 2000 a.C. e 1500 d.C., a Turquia é um país fascinante, onde a cultura e a natureza se misturam numa perfeita harmonia. Numa única viagem tem oportunidade para viajar por entre metrópoles antigas com milénios de história, conhecer as cidades subterrâneas da Capadócia, uma das maravilhas naturais, e as belas praias da costa mediterrânea.

Geograficamente, a Turquia está localizada entre dois continentes, Europa e Ásia, ocupando uma superfície de cerca de 800 mil quilómetros quadrados. Com aproximadamente 63 milhões de habitantes, na sua maioria turcos e curdos, existe ainda um número considerável de árabes, gregos, arménios, russos e judeus. Ancara é a sua capital, mas a cidade mais importante é Istambul, antiga cidade de Constantinopla, considerada o centro comercial e histórico do país. A Turquia tem muito para mostrar e por isso vamos dividir a nossa visita pelos locais mais importantes e repletos de significado.

Parte do encanto de Istambul deve-se, sem dúvida, ao facto de esta cidade com milénios de história, que um dia foi Bizâncio e depois Constantinopla, ser a única no mundo que se divide em dois continentes, Europeu e Asiático. O centro da cidade, degradado e desordenado, é uma caixa de surpresas. Ruelas estreitas e sombrias desembocam, ao virar da esquina, em jardins verdejantes, coroados por imponentes templos centenários, como a magnífica mesquita Azul. Em Istambul, pode ainda visitar palácios, fazer um passeio no Bósforo, negociar um tapete no Grande Bazar e especiarias no Bazar Egípcio, e aproveitar ainda para relaxar num tradicional banho turco.

Na capital da Turquia, Ancara, o esplêndido mausoléu erguido em honra de Mustafa Kemal Atatürk, fundador da República, em 1923, é um dos locais que não deve deixar de visitar. Recorde-se que a modernização da sociedade turca deu-se graças a Mustafa, que, durante o seu governo, aboliu o sultanato e a poligamia e substituiu o direito islâmico por uma legislação de cariz ocidental, com a imposição do casamento civil e a adoção do alfabeto romano e do calendário gregoriano. Um outro espaço de relevo é o Museu das Civilizações, testemunho das diversas civilizações da Anatólia, desde a pré-história passando pelos Hititas, os Assírios e os Frígios.

Continuando o percurso surge a região da Capadócia, onde encontrará o mágico Vale Göreme e as suas igrejas rupestres, decoradas de frescos e pinturas bíblicas dos séculos X e XI. Aproveite também para conhecer as cidades subterrâneas, construções que chegavam a atingir 13 andares e serviam para proteger os habitantes dos povos invasores. Cidades auto suficientes que, para além de possuírem magníficas igrejas, têm espaço para os animais, para fazer vinho, armazenarem comida e mesmo túmulos para enterrar os mortos.

Se procura um lugar para desfrutar dos prazeres do sol então faça um passeio a Pamukkale, e ficará a conhecer as famosas formações calcárias conhecidas na região como castelos de algodão. Possui ainda ótimas piscinas termais e cascatas petrificadas. Redescobrirá a antiga cidade de Éfeso, de uma enorme riqueza arqueológica, com os seus grandiosos anfiteatros e ruas revestidas a mármore.

Turquia: o que comer?

Depois de tantas descobertas é uma boa altura para relaxar e provar os sabores da gastronomia turca. Conhecida pela variedade e simplicidade das suas receitas que, juntamente com a qualidade dos ingredientes utilizados, garante uma cozinha única. A maior parte dos pratos são confecionados com os ingredientes básicos da gastronomia mediterrânea: verduras frescas, frutas, azeite, carnes, peixes e excelentes molhos. O carneiro é a carne mais utilizada, sendo o doner keba um dos pratos mais conhecidos e que se traduz num delicioso rolo de carne de carneiro. Outra das saborosas especialidades turcas é o pilav, um bem preparado prato de arroz ou ainda o boreck, uma deliciosa tarte recheada com carne ou queijo.

 

Se pensa que a Turquia é um país em que a religião fala mais alto está redondamente enganado. Cerca de 98% da população é islâmica, contudo, como o país é laico, a sociedade islâmica é bastante liberal. Poucos praticam a religião, e menos ainda cumprem à risca as regras do Corão.

O consumo de álcool é livre e as discotecas e bares estão sempre cheios. Apesar destas liberdades, a carne de porco continua a não encontrar consumidores. Em termos políticos, as mulheres podem votar e candidatar-se a cargos políticos. A geração mais jovem tende a abandonar cada vez mais a religião islâmica, adotando a maioria um estilo de vida absolutamente ocidental, sonhando até com a integração na União Europeia.

Para finalizar esta nossa incursão fique a saber que a atual Turquia é uma zona de grande importância para a religião cristã, pois foi a partir desta região que o cristianismo se expandiu vindo da Palestina. Aqui realizaram-se os oito primeiros Concílios Ecuménicos e foi na cidade de Antioquia que existiu o primeiro centro missionário em terra pagã.

É claro que muito mais há para dizer e descobrir sobre um país repleto de história, tradição e magia, que muito lentamente vai assimilando as influências trazidas do Ocidente.

Turquia: precauções sanitárias

A vacinação não é obrigatória por lei, no entanto a poliomielite, o tétano, a difteria, a febre tifoide, a hepatite A e B, a raiva e a tuberculose estão presentes na Turquia. Como tal, deve considerar a hipótese de se vacinar para que não corra riscos durante as suas férias. Os viajantes que forem visitar as regiões vaporosas do país (Mármara e a costa do Mar Negro) deverão munir-se de medicamentos contra a malária.

Encontre as melhores oportunidades, compare preços e leia o que outros viajantes escreveram sobre a Turquia no TripAdvisor

CLIQUE AQUI e confira também agora a nossa página com uma lista imperdível de PROMOÇÕES DE VIAGENS!

 

Partilhe este artigo

Comentário

  • 24 janeiro, 2017

    Baaaaaaah, a Turquia é o máximo! Fui pra lá e ainda presenciei o casamento de amigos (contei em bit.ly/melevacasamento) com tradições super diferentes das nossas! Estou louca para voltar! Bjs, adorei o post

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *