Home / Europa /

Florença: a cidade pequena onde cabe muita arte e cultura

Florença: a cidade pequena onde cabe muita arte e cultura

 

Florença é considerada uma das mais românticas cidades da Europa. Uma viagem proporcionará excelentes oportunidades para descobrir todos os encantos da cidade, onde a cultura, a arte, a beleza paisagística e as compras criam o ambiente perfeito para uns bons dias de descanso.

Mesmo sendo uma pequena cidade, Florença torna-se especial por essa sua qualidade. Porquê? Porque pode ser facilmente conhecida através de agradáveis passeios a pé, uma vez que os pontos mais interessantes estão, regra geral, concentrados em quarteirões próximos uns dos outros.

Considerada a cidade da arte, são muitos os locais que pode descobrir numa Florença que inspirou alguns dos mais famosos artistas italianos que aí viveram. Falámos claro dos génios da história da humanidade como Leonardo da Vinci, Michelangelo, Dante, Maquiavel, Galileu e da família Médici. Mais recentemente, o autor norte-americano Dan Brown, bem conhecido do bestseller Mona Lisa, chegou mesmo a usar a cidade de Florença como pano de fundo para o romance Inferno, que rodeia um mistério relacionado com a própria obra de Dante.

Assim, se é um apreciador das belas-artes, não deve deixar de ver algumas obras-primas, nomeadamente o Nascimento de Vénus, de Botticelli e a estátua genuína de David, de Michelangelo. Não perca ainda a oportunidade de descobrir a Piazza della Signoria, uma espécie de museu ao ar livre, com magníficas estátuas renascentistas, e a Piazza del Duomo, cujo majestoso edifício demorou dois séculos a ser construído.

Mas o lado romântico está sempre à espreita em Florença. Aproveite para passear com a sua cara-metade até à Ponte Vecchio e espreitar o rio Arno. Esta é a ponte mais antiga da cidade e à sua volta pode apreciar as famosas oficinas e lojas de ourivesaria.

Se ainda tiver tempo e vontade de descobrir outros locais alugue um automóvel e parta à descoberta de Luca, Pisa, Siena e San Gimignano, das vilas construídas pelos Médici (Villa della Petraia ou a Villa di Castello) que ficam a poucos quilómetros da cidade de Florença. Se preferir sugerimos-lhe o percurso do vinho Chianti.

Breve nota sobre a história de Florença

 

Florença é uma cidade com história. Embora muitos se tenham esquecido, esta pequena cidade já foi a capital de Itália, entre os anos de 1865 e 1871. Durante os séculos XIV e XVI chegou a adquirir grande importância comercial, financeira e, principalmente artística.

A sua expansão económica ficou a dever-se à forte concentração de riqueza e de poder entre um número restrito de famílias, das quais se destacam os Médici, cujos destinos ficaram estreitamente ligados à história florentina dos séculos seguintes. Os Médici tomaram o controlo económico e político de Florença por Cosimo, o Velho, na primeira metade do século XV. Mas a esta família ficou também a dever-se o enorme contributo que deu no desenvolvimento da arte e da cultura tanto na cidade como no resto da Europa.

Florença: aqui não existem dietas

Para quem visita Florença a primeira regra é deixar as dietas de lado e deliciar-se com as iguarias da comida toscana. Deixe-se envolver pelos saborosos pratos de caça, pela fiorentina (sopa de espelta), pelas massas e pelos enchidos. Além disso é provável que ao caminhar pelas ruas o seu olfacto o encaminhe até uma boa trattoria.

No entanto, se preferir comer algo mais rápido, vá até ao Caffè Paszkowski ou ao Caffè Rivoire, onde pode aproveitar para beber o tradicional e genuíno cappuccino.

Como vê, aqui ficam algumas boas razões para escolher Florença como destino das suas próximas férias. Uma cidade que transpira arte e cultura, mas também romantismo.

Encontre as melhores oportunidades, compare preços e leia o que outros viajantes escreveram sobre Florença no TripAdvisor

 

Partilhe este artigo

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *