Home / Archives /

Melhores Destinos

Melhores Destinos / 75 posts encontrados

Blogger Guilherme Canever fez uma viagem pelos países que não existem

Se nunca ouviu falar da Ossétia do Sul, da Transnítria da Somalilândia, da Abecássia e de Nagorno-Karabakh vai provavelmente achar que comecei este artigo por apontar nomes estranhos, premindo aleatoriamente letras do teclado. No entanto, todos estes nomes são na verdade países independentes não reconhecidos pelas Nações Unidas. O blogger brasileiro Guilherme Canever fez uma viagem por muitos destes não-países e a sua experiência encontra-se compilada no livro "Viagem Pelos Países Que Não Existem".

Maputo: um destino que se torna cada vez mais atraente

Localizada na margem ocidental da Baía de Maputo, situada no extremo sul de Moçambique, a cidade de Maputo é atualmente o centro corporativo e financeiro do país. A sua população encontra-se estimada em 1 milhão de pessoas, um número que parece representar bem a diversidade da população moçambicana.

Os 10 melhores destinos para visitar em 2017

A pensar já no ano de 2017, a empresa responsável pela produção dos melhores guias de viagem – a Lonely Planet – divulgou a habitual lista dos melhores destinos para viajar no próximo ano. Esta é uma lista que tem em conta vários fatores acerca do destino, nomeadamente o preço e qualidade da estadia. Confira a lista completa aqui.

O que há para ver na cidade cubana de Santa Clara?

Fundada a 15 de julho de 1689 por um grupo de habitantes de Remedios que se deslocaram da costa para ficarem a salvo dos ataques dos piratas, Santa Clara foi durante séculos capital da província de Las Villas, que incluía as actuais províncias de Cienfuegos, Sancti Spíritus e Villa Clara. Mais tarde, foi palco de momentos históricos da revolução cubana. Neste post é esta cidade que visitamos, marcando no mapa os pontos obrigatórios por onde todos os turistas devem passar.

Maxixe: o centro económico de Inhambane em Moçambique

Ainda que considerada pequena, Maxixe é a segunda maior província da região de Inhambane, em Moçambique. Neste post, conto-lhe como é Maxixe nos dias de hoje e mostro ainda como foi passar por esta cidade em 2002, altura em que fiz uma viagem a Moçambique.

Templo de Philae: uma réplica do antigo centro de culto a Ísis

Na viagem que fiz ao Egito tive a oportunidade de ir até Assuão. Numa viagem de barco ao longo do Nilo fui até ao Templo de Philae, na Ilha de Agilika e consegui capturar algumas imagens incríveis que provam a beleza desta local único. Neste post apresento-vos essas imagens, mais um vídeo, e explico porque vale a pena uma visita a esta ilha.

Praia do Morrungulo: um pequeno paraíso com uma excelente padaria a caminho

Quem chega à Praia de Morrungulo confronta-se com um cenário verdadeiramente paradisíaco. As águas claras, tão típicas de Moçambique, e a vegetação envolvente, da qual fazem parte coqueiros verdes, pintam um excelente cenário quando ao retrato se soma o areal areia branco e o ceú azul. Um paraíso!

Hotel Habana Libre: se as paredes falassem teriam muitas histórias para contar

Trata-se provavelmente de um dos hotéis mais famosos do mundo: estou a falar-vos do Hotel Habana Libre, um edifício histórico e com acabamentos de luxo que, durante três meses, deixou de servir os propósitos turísticos para abrigar o quartel general de Fidel Castro, na sequência da sua invasão da capital cubana. Conheça toda a história por detrás deste hotel que é muito mais do que um hotel.

Núbia: uma jóia nas mãos do Egito e do Sudão

A região da Núbia, situada junto ao Rio Nilo, é hoje em dia partilhada por dois países: o Egito e o Sudão. Porém, este lugar fértil e de uma beleza extrema, foi em tempos uma importante nação. Neste post é à Núbia que viajamos, recordando esta região e a sua importância histórica.

Havana: a capital cubana repleta de cor e história

Havana é uma capital alegre e colorida, cheia de azáfama e diversões, com algumas jóias arquitetónicas esplêndidas (do período colonial ou posteriores) e muitas outras atracções. Só a cidade já justifica a viagem a Cuba e neste post explicamos-lhe porquê, destacando aqueles que acreditamos serem os pontos de passagem obrigatória para qualquer turista.

Nova Iorque: a magia da cidade que nunca dorme

Desde que foi avistada pela primeira vez, por Giovani da Verrazano, há quase 500 anos, a baía de Nova Iorque tornou-se uma presa que toda a Europa queria capturar. E não é de admirar porquê. Hoje, esta cidade norte-americana é uma verdadeira capital de cultura e diversidade étnica.

Equador: o que conhecer nesta pequena ilha de grande beleza?

Hoje é até ao Equador que viajamos, este país que mesmo sendo pequeno em território consegue proporcionar a qualquer turista que por lá passe uma experiência memorável. Ainda que continue a receber pouco turistas brasileiros e portugueses, este é um facto lamentável e que merece ser corrigido. Porquê? É isso mesmo que vamos revelar neste post.

Mykonos: a ilha grega mais bonita do Mar Egeu

Se a menção de Mykonos na Grécia não lhe trouxer imediatamente à mente construções alvas, um céu azul-turquesa e corpos bronzeados ao longo de praias de areia dourada, então é porque não faz parte deste mundo. Conheça mais sobre a história e cultura da ilha mais bonita do Mar Egeu.