Home / Cidades /

Uma viagem a Roma como você merece: Conheça os pontos principais!

Uma viagem a Roma como você merece: Conheça os pontos principais!

Roma, capital da Itália, é chamada de Cidade Eterna e você sabe porquê? Porque os antigos romanos acreditavam que, qualquer coisa que viesse a acontecer, a cidade nunca deixaria de existir.

E Roma é eterna… pelo menos, ancestral… impossível não se encantar com seus templos, prédios públicos, ruas estreitas pavimentadas com pedras, fontes, parques arborizados.

Mas não adianta ficar pouco tempo em Roma – você não consegue ver tudo que a cidade proporciona em 1 ou 2 dias, portanto, considere a hipótese de ficar pelo menos 4 dias completos na Cidade Eterna. Um pacote para Roma pode proporcionar momentos de profunda conexão com a cultura ancestral da civilização ocidental. Conheça neste post 7 dos principais locais turísticos de Roma.

 

O Coliseu de Roma

Quando você pensa em Roma, uma coisa provavelmente vem à sua mente: o Coliseu. É a atração mais famosa da cidade e absolutamente imperdível. O Coliseu existe há mais de 2000 anos e é o maior anfiteatro já construído no mundo. Do lado de fora, parece muito impressionante, a entrada nele realmente vale muito à pena!

Dentro, você pode ver toda a arena e aprender muito sobre o curso das batalhas de gladiadores, assassinato de cristãos, sobre a arquitetura do Coliseu e as diferentes fileiras nas quais as classes sociais da Roma imperial se sentavam.

Obviamente, o símbolo de Roma é a atração turística por excelência. No entanto, não mais de 3.000 pessoas são permitidas no lugar ao mesmo tempo. Com mais de 7 milhões de visitantes por ano, não é mais muito assim.

As filas são extensas, mas você pode reduzir o tempo de espera comprando os ingressos com antecedência, no site do Coliseu, por 14 euros. No balcão, a entrada custa 12 euros, menores de 18 anos é gratuito. Infelizmente, apenas o cartão de crédito é aceito como forma de pagamento.

Dicas Importantes:

Seu ingresso para o Coliseu também é válido para o Fórum Romano e o Monte Palatino. No entanto, você deve visitar todas as três atrações em dois dias.

Não solicite ingressos com um guia de áudio. Você tem que buscá-los na entrada e isso pode levar mais 1 hora.

Ao comprar seu ingresso online, você recebe uma janela de tempo para a visita. É melhor chegar um pouco mais cedo. Se você perder sua janela, poderá ter sua entrada negada.

 

Fórum Romano

O Fórum Romano é um grande sítio arqueológico no meio de Roma, ao lado do Coliseu. Na Roma antiga, o fórum era o centro da vida política, social e econômica e cheio de edifícios importantes.

Você ainda pode ver isso muito bem hoje: se você caminhar pelo Fórum Romano, verá muitos vestígios de grandes palácios e templos que existiram antes.

O Fórum Romano é muito impressionante, ainda que apenas por causa da vista das colunas e ruínas independentes, com as cúpulas de Roma e os novos monumentos ao fundo. Para o Fórum Romano, existe apenas o bilhete combinado com o Coliseu e o Monte Palatino.

 

A Fontana de Trevi ao entardecer

Outra atração que não deve faltar em seu passeio por Roma: a Fontana de Trevi – é uma das fontes mais famosas do mundo.

A Fontana de Trevi consiste numa enorme e magnífica fachada do palácio e várias formas do mar que se erguem em uma paisagem rochosa branca. A água flui ao redor das figuras para a piscina de 50 metros de largura abaixo da fachada.

As fontes eram o meio mais fácil e rápido que a nobreza tinha de ter água potável e limpa para beber. As construções pomposas e artisticamente planejadas tinham intuito de mostrar como aquela família era poderosa. 

O lugar é sempre bem frequentado, a qualquer hora do dia ou da noite – o que consiste em um lugar interessantíssimo para fotos inusitadas!

Muitos turistas jogam moedas na fonte continuamente, porque, segundo a lenda, uma moeda lançada significa que o lançador voltará em breve a Roma. Duas moedas significam que ele se apaixona por um romano e três moedas para se casar com eles.

Você pode arriscar sua sorte. A gente estará torcendo por você! No final, as moedas vão para uma boa causa – todo dinheiro arrecadado nas Fontanas pelos funcionários da cidade vai para a caridade.

 

Cidade do Vaticano

Um estado dentro de uma cidade. O Vaticano é o menor país do mundo e também o único com latim como idioma oficial.

Quase todos os cerca de 900 residentes do Vaticano têm cidadania do Vaticano. O papa é o chefe de governo e monarca absoluto.

Você quase não percebe a transição entre Roma e o Vaticano, porque tudo em Roma é realmente magnífico e grande. No entanto, uma visita ao Vaticano é uma obrigação em Roma, mesmo que apenas por causa da impressionante Praça de São Pedro e da Basílica de São Pedro. Ou seja, ir a Roma e não ver o Papa, não faz sentido!

 

O interior do Panteão

O Panteão costumava ser um templo Romano antes de ser convertido em uma igreja no início da Idade Média. O Panteão possui uma enorme cúpula, que foi a maior cúpula do mundo em 1.700 anos.

Como na maioria das igrejas na Itália, a entrada no Panteão é gratuita, mas é por isso que é sempre muito cheia. Porém, é quase que uma obrigação entrar no Panteão Romano, porque a cúpula é uma obra-prima arquitetônica e realmente muito impressionante.

Tem uma abertura circular no meio, nove metros de largura, através da qual a luz do sol entra no corredor. Graças aos sofisticados sistemas de drenagem no domo, nunca cai uma gota de chuva no interior do panteão.

 

Piazza Navona

A Piazza Navona é uma das praças mais famosas de Roma e é particularmente conhecida por suas três grandes fontes.

A fonte central e mais magnífica é a Fonte de Quatro Correntes, que, com suas estátuas, representa os grandes rios dos continentes conhecidos no século XVII: Danúbio, Nilo, Ganges e Rio da Prata. Além disso, há diversos bares, restaurantes e cantinas, artistas de rua e músicos e você pode simplesmente passear tranquilamente.

Uma dica importante: a Piazza Navona também é um popular ponto de encontro no centro de Roma à noite. Se você passa a noite na cidade velha e deseja mergulhar na vida romana à noite, Piazza Navona é o endereço certo.

 

Monte Palatino

Tudo começou no Monte Palatino, diz-se que as primeiras casas em Roma foram construídas aqui há quase 3000 anos.

Hoje, o Monte Palatino é um sítio arqueológico diretamente acima do Fórum Romano e do Coliseu. Você caminha pelas ruínas e fundações bem conservadas dos outrora magníficos edifícios romanos, incluindo casas de imperadores romanos e vários edifícios do governo.

Existem painéis explicativos multilíngues em toda a área, para que você sempre saiba o que está vendo.

O Monte Palatino é como um parque relaxante, com áreas verdes bem cuidadas e grandes pinheiros. Aqui você pode relaxar como os romanos, apesar de ainda estar no meio da cidade. Por isso, reserve pelo menos 2 horas para conhecer parte do parque ou se deixe ficar numa das mais gratas experiências romanas. Arrume seu piquenique de véspera e curta bastante.

Esse roteiro inicial pode ser feito em três dias, todavia, há muito mais para conhecer em Roma – vale consultar a matéria Especial Eurotrip: o essencial de Roma.

 

 

ARTIGOS RELACIONADOS

     

Partilhe este artigo

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *