Home / América do Norte /

Intercâmbio no Canadá: descubra como economizar dinheiro

Intercâmbio no Canadá: descubra como economizar dinheiro

Storymate

Antes de, finalmente, embarcar num intercâmbio no Canadá, é preciso concluir uma série de etapas do planejamento. Uma delas, sem dúvida entre as mais importantes, diz respeito ao orçamento: como controlar o dinheiro fora do país? Usar o seu dinheiro de forma inteligente é muito importante, especialmente neste tipo de situações.

Não é possível listar exatamente todos os gastos antes da viagem, mas este texto vai dar dicas que vão ajudá-lo a curtir a experiência sem estourar o orçamento.

Colecione cupons de desconto e seja recompensado ao gastar!

Já imaginou economizar antes mesmo de ir às compras? Em países como os Estados Unidos e o Canadá, marcas e estabelecimentos comerciais como a Target, loja de departamentos, e o supermercado Walmart têm o costume de distribuir cupons de desconto para atrair clientes e aumentar as vendas.

É comum encontrar cupons desse tipoem jornais, revistas, panfletos e também pela internet. Sites como o Save.ca (possui aplicativo) e o Smartcanucks reúnem versões digitais de folhetos de promoção dos mais variados produtos e lojas para facilitar a vida de quem deseja economizar sem acumular papel.

Uma outra forma de obter descontos e benefícios exclusivos no mundo todo é adquirindo a Carteira Mundial do Estudante ISIC. Reconhecida em mais de 130 países, aqueles que possuem a carteira têm direito a descontos em restaurantes, planos de celular, lojas virtuais e muito mais.

Economizar não é suficiente? Que tal ser pago para gastar? O aplicativo Checkout 51, disponível para iOS e Android, dá uma porcentagem de cashback, ou seja, dinheiro de volta, cada vez que você adquire uma das ofertas anunciadas no app. Ao acumular $20 você pode sacar o saldo e usar como quiser.

Compre comida também em supermercados

O Canadá é o quarto país mais receptivo com imigrantes no mundo, de acordo com um estudo publicado pela empresa norte-americana Gallup. O país fica atrás somente da Islândia, Nova Zelândia e Ruanda. E quanto maior a pluralidade cultural, maior também a diversidade na alimentação.

Por isso, durante o intercâmbio no Canadá, além das guloseimas típicas do país, como as barras achocolatadas de Nanaimo e a batata frita com molho de carne – chamada de Poutine -, você vai se deparar com restaurantes mexicanos, indianos, chineses… A lista não acaba.

Isso sem falar nos fast-foods como McDonald’s e Burger King, redes famosas no mundo todo, e Tim Hortons, rede canadense popular por seus cafés e donuts.

No meio de tantas opções novas e deliciosas para experimentar, o que fazer para economizar na hora de comer?

Compre lanches rápidos – snacks, frutas, cereais – em supermercados, onde o preço praticado é mais barato. Além disso, diminua as visitas às cafeterias e lanchonetes diariamente (por mais difícil que isso seja).

O QUE FAZER NO CANADÁ

DESCUBRA HOTÉIS NO CANADÁ

RESERVE VOOS PARA O CANADÁ

Dê preferência ao transporte público

Quando o assunto é transporte, não dá para negar a praticidade que taxistas e motoristas particulares de aplicativos, como Lyft e Uber, oferecem. No entanto, se o seu objetivo é controlar os gastos, existem opções mais econômicas – e igualmente eficazes – para se locomover. No Canadá, a maioria das cidades oferece transporte público e dispõe de uma ou mais formas de viajar: ônibus, trem, metrô e streetcar (bondes).

Para usar o transporte público no país você deverá comprar um bilhete avulso ou cartões – semanais e mensais – que podem ser usados de forma ilimitada de acordo com o seu período de validade, 7 ou 30 dias.

Os cartões podem ser comprados em qualquer uma das estações de metrô, e os bilhetes avulsos podem ser adquiridos em lojas de conveniência, também nas estações ou com o próprio motorista (pague sempre com valor exato, pois lá eles não têm costume de andar com troco!).

Em caso de dúvidas sobre o transporte público no Canadá – preço, horário de funcionamento etc – procure um dos quiosques localizados no interior das estações de metrô ou acesse o site oficial da cidade.

Considere trabalhar durante o seu intercâmbio no Canadá

Outra forma de controlar o seu dinheiro durante o período fora do país é arrumando um emprego. E quem está planejando fazer um intercâmbio no Canadá pode trabalhar enquanto estuda. Para isso, basta que o estudante opte por um dos programas que permitem o visto de estudante com permissão para trabalho.

As possibilidades são as seguintes:

Curso vocacional a partir de 24 semanas: ao optar por um curso vocacional com duração a partir de 24 semanas, o estudante tem direito de trabalhar durante 20 horas semanais na primeira metade do programa. Na segunda metade, destinada ao estágio, o limite de carga horária se estende para até 40 horas semanais.

Curso superior: qualquer estudante matriculado em um curso superior tem permissão para arrumar um trabalho, desde que a carga horária não ultrapasse 20 horas semanais durante o período escolar, e 40 horas semanais durante as férias.

Mesmo após a conclusão do curso, o visto para trabalhar no país pode se estender por até três anos.

As oportunidades podem ser em áreas operacionais de hotéis, restaurantes, bares e eventos ou na própria área de estudos – caso a permissão de trabalho esteja atrelada a um curso de nível superior ou profissionalizante.

Além disso, as ofertas variam de acordo com o nível de idioma do estudante.

Não leve somente dinheiro em espécie

Levar somente dinheiro em espécie para a sua viagem internacional pode ser um grande erro.

Além de não ser muito seguro, pois imprevistos acontecem em qualquer lugar do mundo, quando se anda com as notas na carteira é mais fácil perder o controle dos gastos. Por isso, dê preferência a um cartão pré-pago internacional, como o Cash Passport, oferecido pela agência de intercâmbio STB.

Você faz recargas pela internet e controla os gastos em tempo real, de forma organizada, sem correr o risco de estourar qualquer limite.

Caso precise de dinheiro para comprar o bilhete do transporte público ou outro gasto pequeno, basta ir ao Caixa Eletrônico mais próximo. No Canadá, existem cerca de 223 caixas disponíveis para cada 100.000 adultos. Ou seja, você nem vai precisar andar muito até tropeçar em um deles.


Agora que você já sabe como economizar durante o seu  intercâmbio no Canadá, que tal começar a planejar sua experiência no exterior?

Converse com uma agência de intercâmbio e boa viagem! 

 

ARTIGOS RELACIONADOS

     
AdobeStock

Partilhe este artigo

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *