Home / Cidades /

Descubra o que fazer de graça na cidade de Lisboa

Descubra o que fazer de graça na cidade de Lisboa

Lisboa é um roteiro da moda e tem muitas atrações a oferecer. Espaços verdes espalhados pela cidade, boa música, gastronomia de excelência e locais históricos preservados. Uma cidade repleta de potencial turístico e maravilhas naturais únicas, para quem almeja viver uma emoção diferente!

E para quem quer economizar nos passeios e conhecer uma Lisboa comum aos lisboetas, vale a pena investir numa viagem orgânica, com muitas pedaladas e caminhadas por suas ruas, becos e vielas em seus bairros históricos. Um retrato romântico, belle époque, de uma cidade europeia cosmopolita que não perdeu a característica provinciana.

Os hotéis de Lisboa são charmosos e para os mais variados gostos – dispõem de café da manhã e serviços como wifi e espaço social para reuniões, entre outras comodidades e áreas de lazer.

Cemitério dos Prazeres

Tá ok, a gente não quer parecer estranho, mas o Cemitério dos Prazeres vale sua visita: são belíssimas obras de arte tumular ladeadas com harmoniosas alamedas, ideais para o registro de fotos marcantes, num passeio guiado sensacional. As paredes do cemitério têm vistas para o Rio Tejo e você ainda pode contemplar a imagem do Cristo Rei do outro lado.

Como chegar: Pegue o bonde 25E e 28E (bonde histórico) pegue esses bondes até a última parada na linha, Campo Ourique (Prazeres) – fica bem de frente para o cemitério.

 

Contemple uma Muralha Medieval

Ao aventurar-se pelas ruas de Lisboa, você encontra a Muralha D. Dinis, batizada em homenagem ao rei D. Dinis, um dos monarcas mais carismáticos de Portugal. Este muro medieval de 800 anos estende-se por 30 metros abaixo do solo e foi descoberto durante uma grande remodelação da sede do Banco de Portugal. O Centro de Interpretação do museu exibe uma série de artefatos que foram descobertos quando a parede foi descoberta. Um pacote para Lisboa não está completo se você não incluir uma visita histórica na sua viagem.

Endereço: Sob a antiga Igreja de S. Julião

Horário de funcionamento: Ter-Dom 10h às 18h

Como chegar: Paragem de metro Baixa-Chiado.

 

“Feira da Ladra” e suas bugigangas ecléticas!

Este é o mais antigo mercado de pulgas de Lisboa e remonta à Idade Média: Os moradores só precisam pedir uma licença na Prefeitura para vender o que quiserem! Assim, prepare-se para uma mistura muito eclética, de móveis de segunda mão a livros, revistas, roupas, discos de vinil, fotos antigas em preto e branco, câmeras vintage, azulejos e antiguidades.

Endereço: Campo de Santa Clara

Horário de funcionamento: Terça e Sábado, das 6h às 17h, se o tempo estiver bom.

Como chegar: Ônibus 712 ou 734 até a rodoviária de Campo de Santa Clara.

 

Passear pelos bairros históricos

Seja num passeio de bicicleta ou numa caminhada divertida, conhecer os bairros históricos de Lisboa consiste numa interessante aula sobre a cultura portuguesa e suas peculiaridades. Nessas ruas há paisagens belas e pitorescas que valem fotos belíssimas, de lugares não conhecidos do público em geral. Reserve alguns dias do seu slow travel para conhecer a Alfama, Bairro Alto, Príncipe Real, Chiado, Duarte Belo e Lapa – Todas inesquecíveis.

 

Lisboa também tem praia

Lisboa está situada entre o rio Tejo e o oceano Atlântico. A única capital da Europa com praias atlânticas – sua costa possui uma grande quantidade de praias para todos os gostos. O ideal é alugar um carro para conhecer as praias e outras cidades lindíssimas do entorno.

Ao sul de Lisboa, na cidade de Setúbal, tem a praia da Figueirinha, um lugar calmo, com boa estrutura turística e protegido. Na cidade de Cascais, pertencente a costa do Estoril, a praia oceânica de Carcavelos é a preferida dos surfistas. Além dessas, têm a praia de São Pedro do Estoril, na estrada Estoril/Cascais; Cresmina no Parque Natural Sintra-Cascais, ideal para os aventureiros de plantão e a praia das Maçãs, em Sintra; isso sem contar com as outras tantas tão magníficas quanto essas.

 

ARTIGOS RELACIONADOS

     

Partilhe este artigo

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *