Home / Cidades /

Cercal do Alentejo: praia e campo em pleno coração de Portugal

Cercal do Alentejo: praia e campo em pleno coração de Portugal

 

Cada vez mais a região do Alentejo tem sido o local escolhido como destino para umas merecidas férias, depois de um ano inteiro de trabalho. Assim sendo, neste post propomos-lhe que parta em direcção ao Cercal do Alentejo.

Campos de trigo que o seu olhar não consegue encontrar o fim e actividades que promovem a comunhão da família com a natureza, eis que se depara com a Herdade da Matinha, onde a boa comida e a hospitalidade vão fazer com que deseje ficar ali para sempre. O Cercal do Alentejo fica a poucos quilómetros da verdadeira costa alentejana: Porto Covo, Almograve e Odemira são praias que não deve deixar de visitar.

A paisagem dominante deslumbra pela contrastante posição das arribas rochosas sobre as praias de areia dourada. A vegetação e a nidificação de aves nas concavidades rochosas permitem uma verdadeira harmonia ambiental. As águas frias e crispadas pelo vento são o convite perfeito à prática de actividades marítimas como o windsurf, o surf, o mergulho e a pesca desportiva. De um lado, a praia, do outro a planície, recortada umas vezes por sobreiros, outra por zonas de eucalipto, sempre com os campos de trigo a servirem de cenário.

Segundo reza a história, o Cercal do Alentejo foi local de exploração de ferro, cobre e outros metais pelos romanos. Não deve deixar de visitar a Igreja Matriz do século XVIII, construída sobre estruturas do século XVI, um monumento que é parte integrante do património histórico da freguesia. O seu retábulo é do tempo de D. José, e na escultura salienta-se S. Tiago e S.João Evangelista. A freguesia vive também do artesanato, trabalhando peles e couro, madeira, argila e cortiça.

Encontre as melhores oportunidades, compare preços e leia o que outros viajantes escreveram sobre Portugal no TripAdvisor

Cercal do Alentejo: muitos doces e peixe para comer!

 

A doçaria, de largas tradições, é guarnecida com os melhores produtos e ingredientes, crescidos e produzidos na região. Além das magníficas descobertas e as bonitas paisagens que caracterizam a costa alentejana, prepare-se para um grande festival gastronómico. Esta região é dominada pelo bom peixe grelhado, pela frescura dos mariscos e bivalves, mas também pelas preciosidades da comida profunda, como o ensopado de borrego ou de enguias.

A massa de peixe, as saladinhas de polvo, búzios, buzinas, ovas e chocos são umas deliciosas entradas. De Sines a Almograve, a feijoada de búzios é presença obrigatória em qualquer mesa. Alguns restaurantes premeiam a refeição com um vigoroso e calórico sericaia, encharcadas ou um fabuloso leite-creme.

Divinais são os doces e as compotas, como o de abóbora com noz, da região. Se decidir ficar instalado na Herdade da Matinha, poderá confeccionar e provar variadíssimas ementas, com ingredientes vindos da capoeira e da horta. Da feijoada de poejo ao borrego do monte assado, passando por um pão de alho e basílico, e terminando num bolo encharcado ou numas pêras com caramelos e especiarias. Para acompanhar todas estas deliciosas iguarias, os inevitáveis tintos alentejanos: de Monsaraz a um Borba, sem esquecer o encorpado Reguengos.

Aqui ficam boas razões para uma escapadinha ao Alentejo, uma região que de ano para ano tem vindo a despertar o interesse de portugueses e estrangeiros. A calma e a pacatez são, sem sombra de dúvidas, bons motivos para uns merecidos dias de descanso, longe da agitação das cidades.

Encontre as melhores oportunidades, compare preços e leia o que outros viajantes escreveram sobre o Cercal do Alentejo no TripAdvisor

 

Partilhe este artigo

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *