Home / Archives /

Médio Oriente

Médio Oriente / 10 posts encontrados

Núbia: uma jóia nas mãos do Egito e do Sudão

A região da Núbia, situada junto ao Rio Nilo, é hoje em dia partilhada por dois países: o Egito e o Sudão. Porém, este lugar fértil e de uma beleza extrema, foi em tempos uma importante nação. Neste post é à Núbia que viajamos, recordando esta região e a sua importância histórica.

Momentos de uma viagem ao longo do Rio Nilo no Egipto

Quando viajei pelo Egipto em Maio de 2010 tive a oportunidade de passar 1 semana a navegar no Rio Nilo, o mais extenso do Mundo. Partimos de Luxor e uns dias depois estávamos em Assuão. Foi inegavelmente uma das melhores viagens da minha vida e por isso mesmo senti que mais do que uma vontade era minha obrigação partilhar em vídeo e fotos alguns desses momentos.

A caminho do Nepal passamos 2 dias em Istambul

A Turquia, e em particular Istambul, intrigava-me desde que os meus avós fizeram uma viagem quando era ainda criança. Como era possível que uma cidade pudesse encontrar-se simultaneamente em dois continentes: a Europa e a Ásia? Finalmente surgiu a oportunidade de conhecer Istambul! Na viagem do Porto para o Nepal teríamos que fazer escala. Eis o que achei dessa visita.

10 curiosidades que não sabia sobre as Pirâmides de Gizé

Neste post, viramos os nossos olhos para o Egito para revelar 10 curiosidades relacionadas com uma das pirâmides mais conhecidas desta civilização: As Pirâmides de Gizé. Capaz de atrair turistas de todos os cantos do mundo, esta construção está repleta de factos curiosos que são menos conhecidos.

Rabat: onde se juntam todos os tesouros de Marrocos

Nos últimos anos, Marrocos passou a ser um dos destinos mais procurados pelos viajantes que procuram sol e cultura. As danças, as roupas, os usos e costumes despertaram a curiosidade dos ocidentais. Por tudo isto a viagem que agora lhe propomos tem como destino a capital Rabat, um ótimo ponto de partida para uma visita a este fascinante país.

Turquia: o país que fica na Europa… e na Ásia

Antigo centro da civilização mundial entre 2000 a.C. e 1500 d.C., a Turquia é um país fascinante, onde a cultura e a natureza se misturam numa perfeita harmonia. Numa única viagem tem oportunidade para viajar por entre metrópoles antigas com milénios de história, conhecer as cidades subterrâneas da Capadócia, uma das maravilhas naturais, e as belas praias da costa mediterrânea.

Tunísia: um exuberante oásis no deserto do Sahara

Pelo facto de ser um país exótico e repleto de contrastes, faz todo o sentido que a Tunísia seja um dos destinos de sonho a constar neste blog. Um pequeno paraíso do Norte de África, com tradições e costumes completamente diferentes do ocidente, a Tunísia assume-se com uma exuberante beleza costeira e reconfortantes oásis no meio do gigantesco deserto do Sahara.

Irão: um destino hospitaleiro e menos comum

Quando olhamos para as montras das agências de viagens, é raro encontramos viagens para o Irão. O país nem sempre surge nas notícias pelas melhores razões: insegurança e fanatismo religioso acabam por colocar entraves aos viajantes que até ponderam visitar o país do Médio Oriente. Neste artigo, olhamos para o destino com olhos de turista e deixamos-lhe alguns pontos que pode e deve conhecer quando finalmente decidir visitar o Irão.

Câmaras secretas encontradas no túmulo de Tutankamon

Apesar de o túmulo do faraó Tutankamon ter sido descoberto há quase um século, as escavações ainda continuam no local onde tal achado foi feito e, em pleno ano de 2015, os arqueólogos mantêm-se otimistas, certos de que vão fazer brevemente novas descobertas. Tudo se deve graças a duas câmaras secretas, detetadas recentemente, no túmulo de Tutankamon.

Meca: a cidade santa do islamismo já não é o que era

Meca, a cidade islâmica situada na Arábia Saudita que dá abrigo à Grande Mesquita, tem sido alvo de transformações nas duas últimas décadas. Hoje, quem por lá passa, vê as torres da mesquita serem suplantadas em altura por dezenas de gruas e maquinaria pesada de construção civil. À medida que expansões são feitas, para alargar os espaços de oração e criar complexos imobiliários, monumentos históricos são dizimados sem impunidade.